domingo, 25/08/2019
Início » Editorias » Cidades » Aracaju tem a terceira maior redução de homicídios do Brasil
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Ilustração: Cidade do Caos

Aracaju tem a terceira maior redução de homicídios do Brasil

Compartilhe:

Um levantamento divulgado pelo Jornal O Globo coloca Aracaju como a terceira capital que mais reduziu os casos de homicídios dolosos no Brasil em 2017, atrás apenas de Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT). A comparação é baseada nos dez primeiros meses do ano. As informações foram levantadas pelos jornalistas Gabriela Viana, Luís Guilherme e Marlen Couto do Blog “É isso mesmo?”, do jornal carioca.

Na tabela, divulgada, Aracaju apresenta uma redução de 29,97%, tendo Campo Grande com uma diminuição de 30,08% e Cuiabá com 32,9%. No topo do ranking, divulgado pelo O Globo, estão capitais como aumentos consideráveis: Florianópolis (+109,80), Vitória (+45,83), Manaus (+26,21), São Luís (+23,03), Rio de Janeiro (+20,43) e Recife (+19,86).

“Esses números se devem a uma discussão permanente no Gabinete de Gestão Operacional (GGO) sobre a ação de grupos criminosos em Aracaju, sobretudo na zona sul, em especial Santa Maria e 17 de Março, e em alguns bairros da zonal norte também. Tudo isso é fruto de um trabalho integrado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc), Polícia Militar e Força Nacional de Segurança Pública”, destacou o secretário de segurança pública de Sergipe, João Eloy de Menezes. Do Nordeste, Aracaju é disparada a capital mais bem posicionada, pois apenas Teresina (-10,95) estabeleceu uma redução.

“Esse resultado é fruto de ações realizadas desde o início ano passado com a implementação de ações preventivas e ações que foram baseadas no levantamento dos locais e horários nos quais havia uma maior incidência de homicídios e latrocínios. Com isso, conseguimos coibir assaltos a ônibus, roubos a veículos e apreensão de drogas em grande quantidade. Essas ações tiveram também o apoio da Força Nacional nas zonas norte e sul de Aracaju. Conseguimos prender várias pessoas que cometiam diversos crimes nessas áreas, principalmente roubos e tráfico de drogas. Importante destacar que, além de ser a terceira do Brasil, Aracaju é a capital que mais reduziu no Nordeste”, afirmou o comandante do Policiamento Militar da Capital, tenente-coronel Vivaldy Cabral.

O comandante da Polícia Militar no Estado, coronel Marcony Cabral, afirmou que os números comprovam que o planejamento do Gabinete de Gestão da SSP está dando certo. “Claro que vamos continuar trabalhando para que esses índices sejam cada vez melhores, porque não podemos descansar, mas entendemos que as ações surtiram os efeitos que os números estão mostrando, que essa implementação do policiamento ostensivo com operações de bloqueio, operações de varredura e operações nos bairros está tendo o resultado esperado. Agora, por exemplo, nesse período de festas, estamos com o ‘Comércio Seguro’ em todo o estado, inclusive aqui em Aracaju, no Centro Comercial e no Siqueira Campos e fazendo esse trabalho em todo o estado também”.

Para o coronel Marcony Cabral a criação de novas unidades foi outro ponto decisivo para alcançar tais resultados. “Tínhamos, por exemplo, o 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), que ia desde a Zona de Expansão até Itaporanga, o que tornava administração difícil, mas redistribuíamos essa área de atuação com novas unidades, para isso criamos o BPTur [Batalhão de Policiamento Turístico] e  a 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM) na área de São Cristóvão e Itaporanga. Assim,  o 1° Batalhão ficou restrito a área do Santa Maria, Augusto Franco e redondezas”.

Marcony destacou ainda o aumento do efetivo na capital e interior, possibilitado por meio da convocação pelo Governo do Estado de concursados nos concursos da PM E Policia Civil. “O aumento do efetivo é sempre decisivo. Se não fosse o governo trabalhar para colocar cerca de 2 mil novos policiais militares e civis, só da PM quase 1.600 novos policiais, estaríamos vivendo uma situação muito difícil, mas graças a sensibilidade do governador Jackson Barreto isso foi decisivo. Se os próximos governos continuarem com essa política do governo atual, de investir no efetivo, certamente teremos índices cada vez melhores”.

Dados

A equipe de checagem do GLOBO levantou os dados de homicídios dolosos de 20 capitais do Brasil e encontrou situações bem distintas. Na comparação com o mesmo período de 2016, o número de homicídios varia de uma redução de 32% (em Cuiabá) para uma alta de 109% (em Florianópolis). Desse conjunto, houve aumento no número de homicídios em sete capitais e queda em outras 13.  Os dados de Aracaju e atestados pelo O Globo já são divulgados periodicamente pela Secretaria da Segurança Pública de Sergipe.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

Emsurb suspende as fiscalizações e notificações da taxa de fachada, após reunião com empresários

A Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) suspendeu as fiscalizações e notificações para o cumprimento …

WhatsApp chat