quinta-feira, 09/07/2020
A BR-235, em Areia Branca, está bloqueada pelos moradores Foto: Givaldo Marcelino

População faz manifestações em Areia Branca e Aracaju

Compartilhe:

Em Aracaju e Areia Branca movimentos sociais e população, respectivamente, fazem manifestações, hoje, 19. Os integrantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) protestam, em frente ao prédio do INSS, na avenida Ivo do Prado, contra a votação da Reforma da Previdência. Em Areia Branca, parte da população fechou a BR-235, queimando pneus, reclamando da insegurança no município. O bloqueio começou nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, o engarrafamento foi quilométrico nos dois sentidos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu liberar a pista por volta das 9 horas.

Segundo os manifestantes, há muitos assaltos em Areia Branca e, apesar das reclamações, nada foi feito até o momento. Recentemente, houve um homicídio na região, o que revoltou ainda mais a população que cobra ações mais contundentes do Estado.

Em Aracaju, o presidente da CUT, Rubens Marques, disse que o ato contra Reforma da Previdência foi mantido, após assembleia, mesmo com a intervenção federal na segurança pública do Rio, que vem adiando a votação. Os protestos, segundo ele, não vão se resumir ao que ocorre agora, mas se estenderão ao longo do dia, tanto na capital como no interior.

Já a partir das 14h, os servidores estaduais participarão de um ato em frente ao Palácio de Despachos, promovido também pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese). Além da Reforma da Previdência, os trabalhadores vão protestar contra os atrasos de salários por parte do Governo do Estado.

 

 

Compartilhe:

Leia Também

Secretaria de Saúde de Aracaju diz que “a gestão foi surpreendida” com operação da PF no HCamp

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou uma nota, hoje pela manhã,  informando que a …

Deixe uma resposta