quarta-feira, 21/07/2021
Grão mestre geral do GOB, Múcio Bonifácio, repudia o aumento do Fundo Eleitoral

Maçonaria: GOB diz que aumento do Fundo Eleitoral é “infame” e exige veto

O Grande Oriente do Brasil (GOB), instituição que  reúne centenas de lojas maçônicas no Brasil, divulgou  uma nota de repúdio classificando de “infame” o aumento do Fundo Especial  de Financiamento de Campanha de 2022, pelo Congresso Nacional, que passou de R$ 1,8 bilhão para R$ 5,7 bilhões. A nota é assinada pelo grão mestre geral do GOB, Múcio Bonifácio Guimarães.

O GOB alerta que o aumento ocorreu “em meio a maior crise sanitária e econômica da história, devido à Covid-19”.  E acrescenta que “se avaliarmos o valor agregado neste infame aumento e considerando o valor do auxílio emergencial de R$ 300,00, se está retirando o auxílio de 19 milhões de brasileiros em situação de risco, renunciando a possibilidade de construir hospitais, escolas e de investir em pessoas nesta crise humanitária e sanitária que estamos vivendo, e ainda salvar milhares de empresas e, por consequência, milhões de empregos”.

Múcio Bonifácio convoca “todos os nossos irmãos, cunhadas e amigos congressistas e políticos em todo o país, para além de repudiarem tamanho despropósito e desrespeito ao povo brasileiro, que movimentem suas bases políticas e partidos para que, uma vez vetado, seja efetivamente mantido o veto”.

 

Leia, abaixo, a nota de repúdio do GOB:

Nota de repúdio do GOB ao aumento do Fundo Eleitoral

O Grande Oriente do Brasil, instituição maçônica primaz no Brasil, nestes seus praticamente 200 anos de história, por meio da defesa dos ideais de liberdade, justiça, dignidade humana, moralidade e ética com a causa pública e para com a vida dos menos favorecidos, é e sempre foi atuante nas causas mais importantes do nosso país, tais como a Abolição da Escravatura, a Proclamação da República, a liberdade religiosa, política e de expressão, dentre outras tantas lutas em favor da sociedade.

Em meio à maior crise sanitária e econômica da história, devido à Covid-19, recebemos através da imprensa, a notícia de que no dia 15 de julho de 2021, o Congresso Nacional elevou de R$ 1,8 bilhão para R$ 5,7 bilhões, o valor previsto para o Fundo Especial de Financiamento de Campanha em 2022 — o chamado “Fundo Eleitoral”, destinado unicamente ao financiamento de campanhas políticas.

É importante apontar que se avaliarmos o valor agregado neste infame aumento e considerando o valor do auxílio emergencial de R$ 300,00, se está retirando o auxílio de 19 milhões de brasileiros em situação de risco, renunciando a possibilidade de construir hospitais, escolas e de investir em pessoas nesta crise humanitária e sanitária que estamos vivendo, e ainda salvar milhares de empresas e, por consequência, milhões de empregos.

Considerando que a Maçonaria e os maçons constituem reserva moral deste país e que nosso Congresso Nacional, de forma sorrateira e irresponsável, buscou se aproveitar do momento de instabilidade política e de crise sanitária para aprovar esse aumento imoral em desrespeito à sociedade, demostrando que nossa classe política ainda tem muito a evoluir no sentido humanitário, serve a presente para registrar o repúdio e a não aceitação  do Grande Oriente do Brasil em face desse evidente e acintoso abuso contra nossa população.

Diante disso, solicitamos ao presidente da República, que faça valer sua prerrogativa constitucional e vete o aumento por contrariedade ao interesse público.

Convocamos todos os nossos irmãos, cunhadas e amigos congressistas e políticos em todo o país, para além de repudiarem tamanho despropósito e desrespeito ao povo brasileiro, que movimentem suas bases políticas e partidos para que, uma vez vetado, seja efetivamente mantido o veto, evitando a sua derrubada por congressistas insensíveis aos problemas enfrentados no Brasil.

Brasília, 20 de Julho 2021.

Mucio Bonifácio Guimarães
Grão-Mestre Geral
Grande Oriente do Brasil

Leia Também

Galeria de Arte J. Inácio recebe três novas exposições nesta quarta, 21

O Governo de Sergipe, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê, realiza nesta quarta-feira, …