sábado, 13/08/2022
Defesa Civil está monitorando a cidade Foto: Marcelle Cristinne/PMA

Junho começa com tendência de chuvas acima de média e Prefeitura intensifica trabalho preventivo

Compartilhe:

Nos primeiros cinco dias de junho, caíram sobre a capital 157 milímetros de chuva, o que equivale a 76% da média histórica para todo o mês. Levando em consideração a mudança do cenário climático, com evidente aumento das chuvas, a Prefeitura de Aracaju, através do trabalho integrado entre as secretarias e órgãos municipais, tem intensificado, tanto o monitoramento quanto o serviço preventivo por toda a cidade.

Desde que o período chuvoso iniciou em Aracaju, no mês de março, observou-se a tendência de chuvas acima da média, o que se confirmou, sobretudo, no mês de maio, quando foram registrados 420 milímetros, sendo que a média histórica é de 251 milímetros.

Com o início de junho, essa tendência tem se acentuado. Maio, que era tido como o mês mais chuvoso, em Aracaju, pode ser, inclusive superado pelo mês de junho, este que, já nos primeiros dias, tem demonstrado intensa instabilidade climática.

Durante as fortes chuvas registradas no início deste mês, 43 ocorrências foram atendidas pelas equipes da Defesa Civil Municipal, sendo a sua ampla maioria relacionada à avaliação de risco nas residências, como ressalta o secretário da Defesa Social e da Cidadania, tenente-coronel Silvio Prado.

“Temos vivenciado um grande volume de chuva, em dias consecutivos. Ainda assim, a cidade está preparada. Até o momento, não tivemos nenhuma família desabrigada, ou seja, que tenha precisado sair da sua casa para estar aos cuidados da Prefeitura de Aracaju, assim como também não registramos nenhuma pessoa ferida, apenas danos materiais. Então, estamos mostrando uma alta resiliência e capacidade de resposta durante as chuvas”, explica Silvio.

No último domingo, 5, por exemplo, choveu 70 milímetros, na capital sergipana. Das 14 ocorrências registradas neste dia, oito foram relacionadas a alagamentos ocorridos durante o período de chuva mais intensa e concentrada. “As equipes atenderam às ocorrências prontamente, avaliando os riscos e medidas a serem adotadas. Ainda assim, a cidade teve um tempo-resposta otimizado e, não demorou muito para a situação ser normalizada, o que reforça o estado de resiliência que temos galgado”, enfatiza Silvio Prado.

O aumento dessa resiliência passa por ações destacadas no Planejamento Estratégico, debatidas com os integrantes do Comitê de Gerenciamento de Crises, abrangendo diversas frentes de trabalho, de forma intersetorial.

Essas ações dizem respeito, por exemplo, ao mapeamento das áreas de risco, constante diálogo com as comunidades, através do Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (Nupdecs), agilidade no atendimento das ocorrências, com equipes da Semdec em alerta.

limpeza
Emsurb atua na desobstrução de canais
Foto: Felipe Goettenauer/PMA

Além disto, o constante cuidado com a rede de drenagem também tem feito a diferença, seja com a com a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) garantindo a limpeza dos principais canais ou a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) atuando para desobstruir bocas de lobo para aumentar a efetividade do escoamento da água.

A administração mantém, ainda, a população informada sobre a previsão de chuva intensa na capital, por meio do Serviço de Alerta por SMS 40199, que funciona há quatro anos e já possui mais de 51 mil contatos telefônicos cadastrados. O sistema possibilita que a população receba, de maneira antecipada, informações sobre as condições climáticas bem como alertas sobre os fenômenos que precisam de uma maior atenção.

Em caso de queda de árvores, rachaduras em residências, risco de desabamento, pontos de alagamento ou demais situações que demandem atendimento, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil, através do 199.

Últimas notícias:
Compartilhe:

Leia Também

Parceria visa atender mulheres vítimas de violência doméstica e egressas do sistema prisional

Nesta sexta-feira, 12, a Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat) e a Secretaria …

WhatsApp chat