domingo, 29/03/2020
O atendimento na Energisa será pelos canais digitais

Energisa suspende atendimento nas agências por 15 dias

Compartilhe:

A Energisa fechou hoje, todas as agências comerciais por um prazo de 15 dias, devido ao avanço da pandemia do Covid-19. Como alternativa, a concessionária reforçou os canais de atendimento, bem como o call center, para atender cerca de 7,8 milhões de clientes nos 11 estados em que atua: Minas Gerais, Sergipe, Paraíba, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Em Sergipe são 788 mil unidades consumidoras.

A orientação é que a população solicite serviços a qualquer momento e sem sair de casa, economizando tempo e evitando aglomerações. Opções incluem site, app e atendente pelo WhatsApp. Por meio da Gisa, atendimento via WhatsApp (079 98101-0715), do aplicativo Energisa ON e do site www.energisa.com.br, a Energisa oferece boa parte dos serviços encontrados nas agências comerciais em poucos segundos, sem filas e com mais praticidade e segurança.

Com a atendente virtual Gisa, os clientes podem solicitar serviços e informações pelo WhatsApp, como emissão da segunda via da conta, mudança de titularidade e pedido de religação, além de se informar sobre pagamento, verificar histórico de consumo e solicitar o parcelamento de faturas. A assistente está disponível 24 horas: basta informar a opção de serviço desejada e enviar para prosseguir com o atendimento.

Vale lembrar que ao falar com a Gisa, é fundamental ter em mãos o número do CPF ou da Unidade Consumidora (UC) presente na conta de luz, para clientes residenciais, ou CNPJ, no caso de empresas. Essas mesmas informações são necessárias para os outros canais digitais: o site www.energisa.com.br e o aplicativo para smartphones Energisa On, disponível nas principais lojas virtuais, nos quais os clientes também podem realizar as mesmas solicitações.

Compartilhe:

Leia Também

“Que as pessoas sejam mais humanitárias”, ensina morador de rua

Embora as autoridades médicas e sanitárias insistam em dizer que para conter o avanço do …