segunda-feira, 23/11/2020
Ter educação financeira não significa ter a síndrome do Tio Patinhas

Educação financeira: planeje seus sonhos e os realize

“A pobreza nasce não da falta de bens, mas sim da multiplicação dos desejos”. Frase atribuída a Platão.

David de Andrade Rocha (*)

Quando falamos de Educação Financeira ou finanças pessoais é normal que as pessoas pensem que é uma coisa chata, cheia de controle e que não permite que você faça nada, pois estará preso a um orçamento.

Essa visão muito equivocada por sinal, se deve ao fato de muitas vezes a pessoa estar endividada e precisar fazer um ajuste rápido. Mas na sua grande maioria a imagem que se criou desse assunto passa muito longe da verdadeira.

Educação Financeira está ligada, na verdade, à pessoa que controla as finanças. Isso mesmo, você pode ter as melhores planilhas e ferramentas, mas se você não souber onde quer chegar com suas finanças elas não servirão de nada ou quase nada, pois pode ser que sirvam apenas para te mostrar que você não está seguindo um bom caminho.

Porém, nesses casos é comum botarmos a culpa na ferramenta e não observarmos o que temos por trás disso tudo.

Tentações

Vejamos:  a cada segundo, em cada rede social, somos bombardeados por propagandas de coisas que muitas vezes nem precisamos, mas que devido às técnicas de persuasão ficamos interessados em comprá-las. E se essa compra não foi planejada acontece aí um rombo em nossas finanças que mais cedo ou mais tarde será cobrado.

Mas e então, o certo seria não desejar nada e viver em uma bolha distante de qualquer propaganda?

 A resposta é um grande Não!

Por isso é importante estudar educação financeira e entender quais coisas lhe são mais importantes, já que aí a propaganda tem menos efeito e você pode consumir o que realmente importa para você. E nesse caso rapidamente você notará que está na verdade consumindo melhor.

A visão de que você terá que viver com a síndrome de “Tio Patinhas” é bem distante da realidade. Uma pessoa que tem controle de suas finanças e sabe onde quer chegar consegue consumir mais e melhor e enquanto faz isso se prepara para concluir sonhos futuros, que não precisam ser deixados para um futuro distante.

Isso mesmo. Ao controlar bem as finanças e aproveitar o momento atual com sabedoria, você pode construir seus sonhos de forma a irem se concretizando de forma quase natural, sem o sofrimento de fazer dívidas ou mesmo de desistir daquilo que nos é importante, assim não cairemos em armadilha de uma peça de marketing.

Lembre-se sempre: Aquele que controla bem suas finanças consome mais e melhor daquilo que realmente importa para ele.

Reflitamos.

Um abraço e até a próxima.

(*) David Rocha escreve semanalmente, às terças-feiras. Ele é assessor de investimentos e educador financeiro, que vive o mercado diariamente, desde 2011, e autor do livro Tesouro Direto – Um Caminho para a liberdade financeira de 2016.

** Esse texto é de responsabilidade exclusiva do autor.  Não reflete, necessariamente, a opinião do Só Sergipe.

Leia Também

Quanto vale sua saúde mental?

Essa semana, um acontecimento movimentou toda uma categoria em Sergipe. O Tribunal de Contas do …