quarta-feira, 08/09/2021
Inauguração da termoelétrica hoje, na Barra dos Coqueiros

Bolsonaro diz em Sergipe que não está preocupado com pesquisa e nem com 2022

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje, 17, em Sergipe “que não está preocupado com pesquisas e nem com 2022”, ao falar rapidamente com a imprensa durante a inauguração da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe I, na Barra dos Coqueiros, região metropolitana de Aracaju. Bolsonaro se referiu à pesquisa da Datafolha, que mostrou queda na rejeição do presidente no Nordeste. Ele lembrou que na chegada ao aeroporto foi recebido por centenas de manifestantes.

Bolsonaro na termoelétrica hoje pela manhã

“Para mim, pesquisa é o que vi aqui desde o aeroporto, nesse momento junto com a população e com as autoridades. Minha preocupação é fazer um bom governo nesses quatro anos”, garantiu. Num clima de aproximação com o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, ele afirmou:  “Belivaldo quer me sequestrar, sequestrou meu coração”.

Sem máscara, Bolsonaro cumprimentou as pessoas, abraçou crianças no aeroporto. Ele usou um chapéu de couro, um dos símbolos do Nordeste.  O presidente estava acompanhado do ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Feliz

Bolsonaro falou da felicidade de estar em Sergipe, onde deveria ter vindo o ano retrasado, mas “os episódios de setembro não permitiram que isso acontecesse”. Um discurso em tom pacificador, Bolsonaro afirmou que o seu relacionamento com os governadores “traz esperança de que todo o potencial será usado para o bem do povo brasileiro. Sendo assim, prezados sergipanos que votaram e não votaram em mim, nós juntos podemos fazer a diferença. O que aconteceu no aeroporto até aqui, vem acontecendo em todos os locais do Brasil”.

A Usina Termoelétrica Porto Sergipe I, entrou em operação comercial em março de 2020. O combustível utilizado é o gás natural, trazido para Sergipe na forma de gás natural liquefeito – GNL, e regaseificado na Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação (FSRU), uma solução mais eficaz e menos poluente na comparação com o diesel e o carvão, já que reduz a emissão de gases em até 90%. A usina, considerada uma das maiores da América Latina, tem capacidade de atender 15% da demanda de energia do Nordeste.

Conciliador

O governador Belivaldo Chagas trocou afagos com o presidente Bolsonaro e já pediu uma audiência para setembro para tratar de diversos assuntos de interesse de Sergipe. No discurso, disse que ter a usina, “um empreendimento de R$ 6 milhões, nesse momento que estamos passando, é sim engrandecedor. Quero agradecer ao governo federal porque em todos os nossos eventos relacionados ao gás deu total apoio”.

Belivaldo disse que tem muito a agradecer ao governo federal, chamou  que é “dele” o ministro Bento Albuquerque e o elogiou pelo empenho em ajudar Sergipe. O governador disse que já desceu do palanque há muito tempo, que luta por Sergipe e acredita que o presidente também faz a mesma coisa. “Vossa excelência desceu do palanque e luta pelo povo brasileiro”, arrematou.

Leia Também

Alessandro Vieira lança pré-candidatura à presidência da República

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) lançou pré-candidatura  à presidência da República. O objetivo é atrair …