sábado, 25/01/2020
Início » Editorias » Esportes » Charles Hardman » Atleta sergipano conquista medalha de prata em competição de jiu-jitsu
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Eduardo ficou em segundo lugar na competição em Salvador

Atleta sergipano conquista medalha de prata em competição de jiu-jitsu

Compartilhe:
Colunista esportivo Charles Hardman

 

O atleta José Eduardo Santana Couto, categoria adulto galo de Jiu-Jitsu, conquistou medalha de prata, durante o Salvador Spring International Open, que aconteceu domingo, no ginásio poliesportivo de Cajazeiras, na capital baiana. “Para mim foi uma enorme vitória, porque foi a minha primeira competição em nível internacional”, disse.

Essa foi também a primeira vez em que Eduardo lutou na condição de faixa azul. Em uma chave composta por três atletas, ele venceu um combate e perdeu outro. “Agora é treinar bastante e aprimorar minhas técnicas para que eu possa sair melhor ainda no próximo campeonato”, explicou.

Leia tambémAtleta sergipano vence a IV Etapa do Circuito Sergipano de Jiu-Jitsu

Atleta mostrando a medalha

Ele quer ir ao Rio de Janeiro para participar do Campeonato Internacional, promovido pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ). O calendário deverá sair no início de 2020.

Viajar para o Rio de Janeiro não é algo simples para quem está com o pai desempregado, e a mãe é diarista. “Está sendo complicado. Falta o valor das passagens, mas estou à procura de patrocínio e correndo atrás de algumas pessoas que possam me ajudar. Mesmo tendo bastante dificuldade eu creio que seja possível”, acredita Eduardo.

Nas ruas, o atleta vestido no kimono, tenta sensibilizar a população com ajuda de R$ 0,50. Quem quiser também pode ajudar depositando qualquer  quantia na agência 2382, conta poupança 013 00049673-7, da Caixa Econômica Federal no nome de José Eduardo Santana Couto.

Compartilhe:

Leia Também

Confiança e Lagarto empatam sem gols; goleiro do Proletário diz que foi um “pecado”

O goleiro do Confiança, Rafael Santos,  disse que o “pecado” do time proletário, no empate …

WhatsApp chat