sábado, 26/09/2020
Senador Alessandro Vieira será o entrevistado, sexta-feira, na live da Acese

Acese promove live com senador Alessandro Vieira sobre retomada da economia com reabertura do comércio

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) será o primeiro entrevistado em uma série de lives que a Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese)  inicia no perfil do Instagram, na próxima sexta-feira, a partir das 17 horas. O objetivo é debater os cenários econômicos provocados pela crise do coronavírus e discutir possibilidades para o retorno das atividades.

 A live será conduzida pelo presidente da instituição, Marco Pinheiro. O debate terá como tema propostas para a reabertura do comércio e a retomada da economia. “Esse é um assunto de interesse de todos, mas principalmente do comércio de uma maneira geral, que tem sentido muito os efeitos dessa crise”, afirmou Marco Pinheiro. 

 O senador Alessandro Vieira não foi escolhido por acaso para essa primeira discussão promovida pela Acese. Neste mês de maio, o parlamentar assinou um estudo, em conjunto com vários pesquisadores, analisando a construção de um plano de distanciamento controlado para o Estado e a retomada total da economia respeitando parâmetros de segurança indicados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 Esse estudo será um dos principais temas durante a live. “É uma oportunidade para que todos conheçam mais o que foi descoberto neste levantamento, com as explicações feitas pelo senador. Queremos contribuir mais com as análises sobre a possibilidade de retomarmos a nossa rotina e voltar a fazer a economia girar, salvando empregos e empresas”, completou o presidente Marco Pinheiro. 

Lives

As lives da Acese acontecerão todas as semanas, sempre discutindo propostas e caminhos para o enfrentamento a crise provocada pelo coronavírus. Para acompanhar, basta acessar a página da Associação Comercial no Instagram (www.instagram.com/acese.se).

 

Leia Também

Resgates superam investimentos no Tesouro Direto em R$ 1,14 bilhão

O Tesouro Direto registrou mais resgates do que investimentos em agosto. Foram realizadas 419.578 operações …