sexta-feira, 12/08/2022
Foram pesquisados 50 diferentes produtos nos setores de alimentação, higiene pessoal, produtos de limpeza e hortifruti Arte: Ascom Semdec

Procon divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica

Compartilhe:

O Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), que integra a Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), divulga, nesta segunda-feira, 4, mais uma pesquisa comparativa de preços dos itens da cesta básica. O levantamento feito neste segmento tem o objetivo de monitorar o mercado e proporcionar uma referência de preços aos consumidores aracajuanos.

A coleta de dados, realizada pelo setor de Educação e Pesquisa do órgão, aconteceu na última sexta-feira (1°) em oito estabelecimentos comerciais localizados nos bairros Aeroporto, Atalaia, Farolândia, Ponto Novo, Japãozinho, São José, e Getúlio Vargas. O Procon Aracaju verificou os valores aplicados para 50 diferentes produtos nos setores de alimentação, higiene pessoal, produtos de limpeza e hortifruti.

No setor de alimentação, o arroz parboilizado tipo 1(1kg), apresenta valor entre R$ 3,49 e R$ 3,99; o feijão carioca varia de R$ 7,79 a R$ 9,25; e o leite líquido integral (1l) consta com preços entre R$ 5,45 e R$ 9,79. Na parte dos laticínios e frios, o presunto (1kg) tem preços que vão de R$ 17,75 a R$ 36,99, enquanto a mesma quantidade de queijo mussarela fica entre R$ 36,00 e R$ 62,90. Entre os produtos de horta e pomar, o valor do tomate(kg) vai de R$ 4,49 a R$ 8,35, já o quilo da cebola está entre R$ 3,39 e R$ 5,75.

No segmento de higiene pessoal, um desodorante masculino aerosol (150ml) pode chegar a custar R$14,99, sendo o menor valor encontrado de R$ 6,29. Já entre os produtos de limpeza, o preço do sabão em barra (5 unidades), varia de R$ 2,09 a R$ 11,99, enquanto o sabão em pó(500g) fica com valores entre R$ 1,39 e R$ 9,49 e o amaciante(2l) de R$ 5,69 a R$ 9,49.

O coordenador geral do Procon Aracaju, Igor Lopes, ressalta que esse trabalho visa estimular os consumidores a realizarem a pesquisa de preços e proporcionar monitoramento de mercado, contribuindo, inclusive, para a apuração de eventuais denúncias.

“Os dados mantêm o consumidor informado sobre a variação de preços, de maneira que eles tenham conhecimento sobre a média dos valores aplicados para os produtos, facilitando na identificação de eventuais abusividades. Esse levantamento também auxilia as equipes de fiscalização na verificação de possíveis cobranças abusivas e apuração de denúncias”, frisa Igor.

Pesquisa Cesta Básica julho 2022

Atendimento

Para sanar dúvidas ou registrar denúncias, o Procon Aracaju pode ser acionado através do SAC 151 ou por meio do número telefônico 3179-6040, em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. A solicitação também pode ser encaminhada através do e-mail procon@aracaju.se.gov.br.

Para registrar reclamações, de forma presencial, na sede do órgão, é necessário agendar o atendimento através do site procon.aracaju.se.gov.br , por meio do link ‘agendamento online ‘, que irá disponibilizar um calendário com dias e horários disponíveis. O órgão está localizado na avenida Barão de Maruim, 867, bairro São José, e funciona de segunda a sexta-feira.

Últimas notícias:
Compartilhe:

Leia Também

Fundat e Sebrae ofertam palestra online sobre Marketing Digital

A Prefeitura de Aracaju, por meio da parceria entre a Fundação Municipal de Formação para …

WhatsApp chat