domingo, 21/02/2021
Os envolvidos na morte do médico Iremar, ocorrido na Praia da Costa

Polícia prende assassinos de médico

As Polícias Civil e Militar prenderam os homens acusados de terem matado o médico Iremar de Mecenas Rodrigues,  fato ocorrido na madrugada do dia 21 de dezembro, na praia da Costa, na Barra dos Coqueiros. O médico foi morto a pauladas quando estava dormindo e os meliantes levaram vários pertences do profissional, que estava de férias. Todos foram acusados de latrocínio.

As investigações foram conduzidas pela delegada Juliana Alcoforado. “A vítima dormia em sua casa na Praia da Costa, quando foi golpeada na cabeça, falecendo no local. Os invasores saquearam a casa, subtraindo os objetos de valor que lá se encontravam. As investigações se iniciaram e em menos de 48 horas a Derof já chegou à autoria delitiva”, explicou.

Foram presos Otávio de Jesus Rocha, “Chuíco”, 24 anos, foragido da Justiça por retirada de tornozeleira eletrônica; o irmão dele, Ozenias de Jesus Rocha, “Bidi”, 27 anos;  José Ederaldo Honório Palmeira, “Deraldo”, 33 anos, ex-presidiário; e Denis Silva Mota, 37 anos.

Todos fazem parte do mesmo grupo que vinha praticando furtos a residências na Barra dos Coqueiros. Dentre os quatro, dois são responsáveis pelo latrocínio: Chuíco e Deraldo. “O terceiro participante do latrocínio é Buda e ainda está foragido”, destacou a delegada Juliana Alcoforado.

Leia Também

Estudo aponta impactos da pandemia da Covid-19 na economia sergipana em 2020

Quais foram os impactos da pandemia da Covid-19 sobre a geração de empregos, arrecadação de …