quarta-feira, 20/11/2019
Início » Colunistas » Antônio Carlos Garcia » Mendonça dará coletiva nesta quarta, 17
Powered by Rock Convert
Depois das divergências, Iunes e Mendonça tomam o mesmo caminho. Foto: César de Oliveira

Mendonça dará coletiva nesta quarta, 17

Compartilhe:

O quase ex-secretário de Segurança Pública, Mendonça Prado, vai conceder amanhã, 17, às 8 horas da manhã, uma entrevista coletiva, quando explicará as razões da sua saída da pasta. Ele usou a sua página no facebook para anunciar que não é mais da segurança e, enquanto isso, pipocam as especulações em torno do nome do seu sucessor, a exemplo do delegado João Batista, que já foi adjunto na gestão de João Eloy. Durante algum tempo, inclusive, Batista assumiu a titularidade, quando nome de João Eloy esteve envolvido nas traquinagens do enteado que usou carro e armas da SSP para brincar de polícia.

Desde o mês passado, que Mendonça Prado entrou em rota de colisão com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Maurício Iunes, por causa do helicóptero da SSP. No dia 20 de janeiro, Mendonça, atendendo a um pedido do colega da Saúde, Zezinho Sobral, transferiu uma paciente de Aracaju para Maceió.  E fez isso, contrariando Iunes que não concordava com a viagem. Ou seja, apesar de ser subordinado de Mendonça, ele bateu pé firme e disse que o helicóptero não decolava. Mas decolou. E nessa guerra de poder,  quem voou mesmo foi o capitão Aristóteles, piloto do helicóptero. Assim que chegou em terra, foi avisado que não era mais piloto e que ia ser subcomandante de uma companhia. Detalhe: o piloto foi formado com o dinheiro do Estado.

Depois que o desentendimento entre Mendonça e Iunes se tornou público, Mendonça admitiu as divergências. Para complicar, o policial civil Vírgilio Dantas, coordenador do GTA, disse que esse setor é ligado diretamente ao secretário de segurança, seja ele quem for, e não ao comandante da PM. E colocou mais lenha nessa fogueira de vaidades, ao questionar, em diversas entrevistas, se policial militar salva ou não salva vidas.

Desde a conturbada relação, que Maurício Iunes, não dá uma palavra sobre assunto, nem mesmo dentro do quartel. Mas na reabertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa, lá estavam Mendonça e Iunes entre sorrisos e poses para posteridade. Bem na saída.

Bom, agora leia a carta de agradecimento de Mendonça Prado.

Amigos,

Informo que estou deixando a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe. Portanto, quero agradecer a todos que fazem a SSP, profissionais altamente qualificados, que sempre serão destinatários do meu respeito e atenção especial. A todos os policiais civis, militares, bombeiros, peritos e demais servidores da segurança, os meus mais sinceros agradecimentos. Aproveito para convidar a todos para minha despedida e para uma entrevista coletiva de prestação de contas que concederei amanhã, 17 de fevereiro, às 08:00, nas futuras instalações do Instituto de Identificação de Sergipe, situado à Rua Basílio Rocha, Bairro Siqueira Campos, próximo à Praça dos Expedicionários.

Um forte abraço a todos!
Mendonça Prado

Compartilhe:

Leia Também

Alessandro Vieira critica determinação de Dias Toffoli; CPI da Lava Toga pode voltar com força

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) disse, em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo …

WhatsApp chat