domingo, 07/03/2021
Representantes da empresa e da Codise durante reunião

Governo de Sergipe discute instalação de Centro de Distribuição do ramo de móveis em Socorro

Os incentivos concedidos pelo Governo de Sergipe no âmbito do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI) vem atraindo empresários de diversos ramos, interessados em instalar novos negócios e ampliar aqueles já implantados. Por meio de incentivos fiscais e locacionais, o governo colabora com a geração de emprego e renda, criando condições viáveis para que as empresas se estabeleçam e projetem.

Nesse sentido, a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), responsável pela condução e operacionalização do PSDI junto à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), vem discutindo a implantação em Nossa Senhora do Socorro de um Centro de Distribuição (CD) do grupo Guanabara, especializado no ramo de móveis. O diretor-presidente da Codise, José Matos Lima Filho, recebeu o proprietário da empresa, Ericson Andrade Oliveira, para discutir as potencialidades oferecidas pelo programa.

Manifestando entusiasmo pelas opções vinculadas ao PSDI, o empresário visitou áreas da Codise em Socorro para verificar a possibilidade de instalação na região. A expectativa é de que o Centro de Distribuição crie mais de 100 postos de empregos, entre trabalhadores diretos e indiretos. Uma nova reunião do grupo deve acontecer no mês de fevereiro, após o alinhamento de questões internas da empresa.

“Apresentamos todas as possibilidades fornecidas pelo Governo de Sergipe através do PSDI, abordando tanto questões fiscais quanto a disponibilidade de terrenos para instalação do Centro de Distribuição. Trata-se de uma empresa com várias lojas já em atividade no estado, que busca agora a criação de um CD. Estamos concentrando esforços para que as expectativas se concretizem e possamos receber mais uma empresa em nosso estado”, afirma o presidente da Codise.

Além do empresário Ericson Andrade, foram recebidos em reunião o secretário de Indústria e Comércio de Nossa Senhora do Socorro, Luiz Carlos, e o secretário adjunto da pasta, Gibran Ramos, bem como o vereador Elmo Paixão e o consultor Paulo Brandão.

Leia Também

Mais de 2 milhões de contribuintes já enviaram declaração do IR

Na primeira semana de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), 2.020.909 …