terça-feira, 02/07/2024
Presidente da Funcaju, Luciano Correira: "eventos para agradar todas as faixas de público, todos os ritmos musicais" Fotos: Alberto Cézar/PMA

Forró Caju 2024: Prefeitura apresenta plano operacional do maior festejo junino do Estado

Compartilhe:

 

O Forró Caju 2024, um dos maiores eventos do calendário junino do país, já está com 80% da sua estrutura montada. A festa vai acontecer no período de 23 a 29 de junho, e na manhã desta quinta-feira, 20, a Prefeitura de Aracaju apresentou todo o plano operacional do evento, que contará com ações de segurança e trânsito, limpeza, além de esquema para serviços da Saúde e da Assistência Social, entre outras. A coletiva de imprensa foi aberta pelo presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Luciano Correia, destacando que a Prefeitura consolidou um modelo de evento que contempla o conceito de diversidade.

“São eventos para agradar todas as faixas de público, todos os ritmos musicais, para que não seja uma festa específica, com apenas um segmento social. É essa a marca que a gente tem perseguido em cada um dos eventos, não só no período junino. Evidentemente que essa época junina é marcada de maneira majoritária pelo forró autêntico, tanto que Aracaju é a cidade que tem mais presença de forró raiz entre as capitais e entre outras cidades. Mas, não deixa de dialogar com outros ritmos, sobretudo ali no palco Luiz Gonzaga. O público pede também outras linguagens, como o piseiro, o arrocha, e a gente não pode deixar de atender. A festa é para todos. E é isso que tem dado certo, inclusive, que tem levado multidões. Conseguimos equilibrar de maneira tal que, no resultado final, a programação é sempre um sucesso”, afirmou o gestor da Funcaju.

Durante a coletiva, o secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania, tenente-coronel Silvio Prado, destacou que a estrutura teve poucas alterações em relação ao ano passado. Ele também falou sobre os serviços que serão empregados. “A Semdec atua na segurança estrutural do evento, com a execução de diversos serviços. Faremos o monitoramento durante todo o evento, com mais de 500 pessoas trabalhando no Forró Caju. A segurança contará com detector de metais para evitar a entrada de armas. Já a vigilância desarmada contará com 120 profissionais por dia, e haverá a participação dos Bombeiros Civis, com mais 120 profissionais por dia”, disse.

A atuação da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), será feita com cerca de 300 guardiões por noite, além de

Fernando Mendonça: “utilizaremos o aplicativo SOS Maria da Penha, para levar mais segurança às mulheres assistidas pela Patrulha”

drones para monitoramento aéreo na área do evento e no seu entorno. A tecnologia também será uma aliada, como explicou o diretor-geral da GMA, subinspetor Fernando Mendonça. “Para nos auxiliar, teremos 65 câmeras de videomonitoramento, e uma novidade, a utilização do aplicativo SOS Maria da Penha, para levar mais segurança às mulheres assistidas pela Patrulha”, afirmou. Os serviços da GMA ainda serão auxiliados pelos elevados de observação para os agentes, reforço nos terminais do mercado e centro, tranquilidade e segurança, e outra novidade anunciada, que é a pulseira de identificação infantil, para ajudar a alguma criança que, porventura, se perca dos seus responsáveis.

A atuação da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) será feita com cerca de 300 guardiões por noite, além de drones para monitoramento aéreo na área do evento e no seu entorno. A tecnologia também será uma aliada, como explicou o diretor-geral da GMA, subinspetor Fernando Mendonça. “Para nos auxiliar, teremos 65 câmeras de videomonitoramento, e uma novidade, a utilização do aplicativo SOS Maria da Penha, para levar mais segurança às mulheres assistidas pela Patrulha”, afirmou.

Em todos os eventos, os policiais estão orientados a registrar as ocorrências, bem como dar celeridade às investigações. O Corpo de Bombeiros estará a postos para ações de prevenção, resgate e combate à incêndio, com um efetivo de 140 bombeiros militares. “A gente considera esse um evento de alta complexidade, e para atuar, nós levamos em conta alguns fatores importantes, como o risco de incêndio, risco de acidentes e traumas, consumo excessivo de álcool e a alta concentração do público”, pontuou a representante do Corpo de Bombeiros Militares de Sergipe, coronel Maria Souza.

Já o representante do Policiamento Militar da Capital, major Thiago Lemos, afirmou que neste ano a corporação acrescentou 63 policiais a mais em relação ao ano passado. “Nosso efetivo vai trabalhar com 144 profissionais atuando por noite. Será realizado um policiamento periférico e fiscalização de trânsito, que será definida pelo comandante da operação no dia do evento”, destacou.

Saúde e Vigilância

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atuará durante os sete dias do Forró Caju 2024 por meio da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária e Posto Médico. Ao todo, 47 profissionais atuarão no evento, contando com o suporte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que disponibilizará ambulâncias e motolâncias. De acordo com o secretário municipal da Saúde, João Vitor Burgos, o posto de saúde teve o seu tamanho triplicado, em relação ao ano passado.

“O Posto Médico oferecerá atendimento com acolhimento, onde o paciente será atendido de acordo com o perfil do seu quadro clínico. Em casos mais graves, os pacientes serão estabilizados e regulados aos hospitais municipais que servirão como retaguarda “, declarou.

A estrutura física contará com 15 leitos, sendo 2 de estabilização e 10 poltronas para medicação rápida. Ao todo, 28 profissionais atuarão no posto médico por noite, sendo quatro gestores, três médicos, quatro enfermeiros, 11 técnicos de enfermagem, dois profissionais de serviços gerais, dois seguranças desarmados e dois motoristas. Haverá uma ambulância por noite, sendo a Unidade de Suporte Avançado nos dias 23, 24 e 29, e a Unidade de Suporte Baixo nos dias 25, 26, 27 e 28. A ambulância contará com um médico, um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um condutor.

Já a Vigilância Sanitária e Ambiental de Aracaju fiscalizará e promoverá a segurança dos alimentos que serão ofertados nos sete dias do evento, levando em conta os aspectos sanitários e a saúde da população que ali estiver contemplando a festa. “Dentro da nossa atuação, vamos inspecionar os alimentos, bebidas, gelos e também a conduta dos vendedores ambulantes. Durante as inspeções serão verificadas as condições sanitárias ou seja, se os alimentos estão bem acondicionados, se o gelo está sem risco de contaminação individual e se as pessoas que manipulam os alimentos estão usando Equipamentos de Proteção Individual, para evitar que a população corra riscos ao consumir os produtos”, afirmou o secretário João Vitor Burgos.

O programa IST oferecerá 4 mil preservativos internos, 28.800 preservativos externos, e 7.200 géis lubrificantes. Vai também prestar orientações quanto ao atendimento à profilaxia pós-exposição de risco nos hospitais municipais Nestor Piva (Zona Norte) e Fernando Franco (Zona Sul).

Assistência Social

A Assistência Social, se fará presente com o Camarote da Acessibilidade, como explicou a secretária municipal da Assistência Social, Rosária Rabelo, destacando algumas novidades. “Queremos fazer a inclusão das Pessoas com Deficiência, e permitir a inclusão dos autistas. A novidade é que, neste ano, estaremos intensificando o segmento infantojuvenil que acessa a festa. Em parceria com a Guarda Municipal, teremos uma pulseira com a identificação da criança, para que se alguma se perder, a gente encontre com facilidade os pais ou responsáveis”, afirmou

O Camarote terá capacidade para 80 pessoas por dia, sendo 40 PcDs ou pessoas com mobilidade reduzida, e 40 acompanhantes. Sua estrutura segue as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), e a Lei Brasileira de Inclusão, LBI, gerenciada pela assistência social em parceria com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Haverá também o stand, um espaço onde profissionais multidisciplinares receberão denúncias sobre situações como racismo, intolerância religiosa, LGBTQIfobia, trabalho infantil, abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, e de desrespeito e violência contra mulheres e pessoas com deficiência. Além disso, as equipes técnicas realizarão a busca ativa de casos de violações em todo o espaço no entorno da festa. O conselho tutelar atuará na garantia da proteção de crianças e adolescentes na festa, identificando, notificando e aplicando as medidas necessárias, no que se refere à violação de direitos de crianças e adolescentes.

Para a realização das intervenções, a Assistência Social contará com cerca de 30 profissionais por noite, entre assistentes sociais, psicólogos e educadores sociais, bem como conselheiros tutelares e equipe de apoio, que além da identificação e notificação e possíveis violações dos direitos humanos, estarão promovendo campanhas de combate ao trabalho infantil e de combate à importunação sexual.

Trânsito

“Tudo já funciona normalmente durante a madrugada. O terminal mais próximo à festa é o do mercado, que normalmente funciona até meia noite, fecha, e reabre às 3h para recepcionar as pessoas. E a operação volta às 3h30. Normalmente os ônibus da região metropolitana vêm dos bairros para o Centro, mas, especialmente nesses dias de festa, estaremos no Centro e no Terminal do Mercado, levando as pessoas que vão curtir a festa com tranquilidade”, disse o superintendente municipal de Transporte e Trânsito, Renato Telles.

Durante os dias de Forró Caju 2024 será realizada uma operação de trânsito das 17h às 5h30. Às 17h iniciará a montagem de um binário no sentido norte da avenida Otoniel Dórea; já às 18h, começa a retirada dos veículos estacionados na praça de eventos Hilton Lopes. Em média, 30 agentes da SMTT atuarão no evento. Serão montados pontos de bloqueio a partir das 18h, nos seguintes locais: eua Apulcro Mota/Travessa Hélio Ribeiro; avenida Otoniel Dórea/Travessa Hélio Ribeiro; avenida Carlos Firpo/Avenida Coelho e Campos; avenida Simeão Sobral/Avenida Antônio Cabral; avenida Otoniel Dórea/Avenida Marechal Mascarenhas de Morais; rua Apulcro Mota/Rua Professor Florentino Menezes.

Haverá pontos de bloqueio a partir das 17h: avenida Dr. Carlos Firpo/rua Santa Rosa; avenida Dr. Carlos Firpo/rua Florentino Menezes; av. Coelho e Campos/rua Sebastião Costa. Além disso, as pessoas que preferem ir de táxi, terão dois pontos próximos: na avenida Otoniel Dórea, entre a Travessa Hélio Ribeiro e rua Santa Rosa; e avenida Antônio Cabral, entre as avenidas Coelho e Campos e Simeão Sobral.

Emsurb

“Já estamos em processo de limpeza de toda a área. Nossas equipes estão preparadas para que logo mais, no domingo, já vão organizando os ambulantes. E uma novidade é que, neste ano, está de volta o nosso Forró Caju Recicla, que estará no perímetro da festa recebendo, através dos catadores, os materiais recicláveis, que serão encaminhados para cooperativas. Haverá também outro contêiner para receber roupas da comunidade. Dali, as peças de vestuário são encaminhadas para uma triagem, seleção, reforma e reutilização desses materiais, através da comunidade carente”, explicou o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Bruno Moraes.

Ao todo, 130 fiscais irão atuar no ordenamento do comércio ambulante, nas áreas internas e externas.  Nos dias do evento, 22 agentes de limpeza farão os repasses até às 21h30. Já nas manhãs seguintes, serão 110 agentes envolvidos, a partir das 6h. A estrutura para a limpeza contará com 120 contentores, duas caixas estacionárias (5m²) e mais dois pontos de entrega voluntária (PEVs); dois caminhões coletores para melhor acondicionamento dos resíduos recolhidos; para a lavagem de todo o espaço, serão cinco caminhões pipa, de 10, 15 e 20 mil m³.

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Emsurb, através da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, em parceria com a rede de cooperativas de catadores de resíduos de Aracaju, vai instalar um container para recebimento de resíduos recicláveis durante o Forró Caju. Esta é a segunda edição da iniciativa sustentável do Forró Caju Recicla, que este ano vai cadastrar previamente os catadores autônomos, facilitando o acesso à área da festa para que os mesmos possam recolher e fazer a entrega imediata dos materiais recicláveis, assim, garantindo um retorno financeiro.

 

Compartilhe:

Sobre Só Sergipe

Portal Só Sergipe
Site de Notícias Levadas a Sério.

Leia Também

Quer fazer um voo panorâmico e conhecer Aracaju do alto? “Veio do Avião” tá fazendo um sorteio

  Quem sonha em dar um passeio de avião e ver Aracaju, Barra dos Coqueiros …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat