quinta-feira, 14/01/2021
Pela primeira vez, em virtude da pandemia, a sessão de posse na Academia foi virtual

Acadêmico e articulista do Só Sergipe, Valtênio Paes, assume a presidência da Academia Maçônica Sergipana de Artes, Ciências e Letras

O acadêmico Valtênio Paes de Oliveira tomou posse hoje à noite, 27, como presidente da Academia Maçônica Sergipana de Artes, Ciências e Letras (AMSCAL) para o biênio 2021/2022. Ele substitui o acadêmico Cleiber Vieira Silva que, por motivos de saúde, não participou do evento. A solenidade foi prestigiada por acadêmicos de diversos municípios sergipanos e de outros Estados e do grão-mestre do Grande Oriente de Sergipe, Claírton de Santana.

Essa foi a primeira sessão de posse virtual da AMSCAL, fundada  há 33 anos, em virtude da pandemia da Covid-19. Valtênio Paes, que é ocupante da cadeira 24, disse que sua proposta de trabalho “será cumprir os objetivos da instituição, buscando maior participação das lojas maçônicas”. O vice-presidente da Academia é Natanael Fernandes de Sousa, ocupante da cadeira 31.

A solenidade de posse foi presidida pelo acadêmico Menilson Menezes, que fez a leitura da ata da eleição, ocorrida de forma virtual, no dia 10 de novembro, proclamando eleita a chapa União Acadêmica, composta por sete acadêmicos. Coube ao secretário da sessão, João Carlos Queiroz, ler o juramento que foi repetido para os recém-empossados.

Importância da leitura

O acadêmico Menilson Menezes leu o agradecimento do agora ex-presidente da academia, Cleiber Vieira. “Agradeço a todos que, diretamente ou indiretamente, contribuíram para nossa academia, aos confrades que, por aclamação, elegeram a chapa comandada por Valtênio Paes. Felicidades e sucesso a todos”, escreveu Cleiber.

Valtênio Paes destacou a importância da leitura

No discurso, o novo presidente Valtênio Paes agradeceu à diretoria que concluiu o mandato e aos pares que se dispuseram com ele a formar a chapa para comandar a academia nos próximos dois anos.  Ele também agradeceu o apoio da esposa, Amanda, que corrige os seus trabalhos, e discorreu sobre a importância da leitura.

“Leitura é um ato pleno de liberdade, porque o cidadão escolhe o que quer ler e também como interpretar”, frisou Valtênio, que citou os benefícios da leitura. “Ler 30 minutos pode adicionar dois anos a mais na vida, reduz 68% do estresse, melhora qualidade do sono, previne doenças como Alzheimer, estimula a criatividade, amplia o foco e a concentração”, completou o presidente.

Valtênio Paes de Oliveira é doutor em Ciências Jurídicas, advogado, professor, especialista em Educação e autor de três livros: A LDBEN Comentada – Interpretação da Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional e do Plano Nacional de Educação; Diálogos em 1970; e Maçonaria para Todos.   Ele também é articulista do Portal Só Sergipe, no qual escreve quinzenalmente, às segundas feiras, na coluna Cotidiano.

Além de Valtênio e Natanael, a nova diretoria do AMSCAL é composta pelos acadêmicos, José Lauro Oliveira Filho, secretário;  Francisco Bezerra Lima, tesoureiro. O presidente do Conselho Fiscal é José Augusto Machado e os dois membros são Domingos Ferreira Viana e Jason Ulisses de Melo.

Leia Também

Com queda de 43,8% no número de passageiros, Setransp perdeu mais de R$ 97,8 milhões

Nos primeiros 10 dias de janeiro deste ano houve uma queda de 43,8% no número …