sexta-feira, 05/06/2020
Gladston Wenderson, o Thru, foi morto dentro do Hospital Garcia Moreno, onde estava internado

SSP investiga duplo homicídio em Itabaiana

Compartilhe:

Os delegados da Polícia Civil, Fábio Santana e Cledson Ferreira, foram designados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) para investigar o duplo homicídio que ocorreu às 2h40 da manhã de hoje, 4, no Hospital Garcia Moreno, em Itabaiana. O paciente Gladston Wenderson Amaral, 22, conhecido com Thru, e o acompanhante dele, Franklin Teixeira de Jesus, 21, foram mortos a tiros por dois homens que, para entrar no hospital, disseram ser policiais civis.  Segundo testemunhas, um deles colocou no pescoço uma espécie de credencial para dar a entender aos servidores da unidade hospitalar que era um policial.

Agora, a polícia vai analisar todas as câmeras de segurança dos estabelecimentos próximos ao Garcia Moreno para tentar identificar os autores dos crimes. “Vamos procurar os prédios próximos ao hospital e com câmeras que tenham captado algo que seja de interesse à investigação”, disse o delegado geral em exercício, Jonatas Evangelista.

Logo cedo, ao tomar conhecimento crime, o governador Jackson Barreto, PMDB, cancelou uma viagem que faria para Itabaiana e determinou que o secretário de Segurança, João Eloy, tomasse as providências necessárias para elucidar o duplo homicídio o mais rápido possível.

“Estou indignado como ocorrido e determinei ao secretário João Eloy, que não poupe esforços para capturar os envolvidos nesse crime que chocou a sociedade itabaianense”, disse Jackson Barreto.  João Eloy foi a Itabaiana com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral, e também o delegado Jonatas Evangelista.

 

Compartilhe:

Leia Também

Covid-19: Secretaria de Saúde registra mais 215 casos e seis mortes

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou agora à noite, mais …