sexta-feira, 22/01/2021
Moradores caminham segurando uma cerca ao lado de uma rua alagada durante fortes chuvas no bairro Jardim Botânico Foto: Agência Brasil

Sergipanos enfrentam as fortes chuvas no Rio de Janeiro

Três funcionários da Energisa, em Aracaju, foram surpreendidos, na noite da segunda-feira, pelas fortes chuvas que caem no Rio de Janeiro. Eles, juntos com outras 40 pessoas de vários estados, estão participando até quinta-feira, de uma reunião do setor de comunicação e marketing da empresa. O objetivo é alinhar as diretrizes da gerência corporativa. De Aracaju estão André Brito, Bruno Galba e Lânia Oliveira, todos da  gerência de comunicação e marketing.

André Brito fez uma publicação no stories do Instagram sobre as chuvas no Rio

Segundo André Brito, depois de um voo com turbulências, eles chegaram ao Rio e se depararam com as chuvas intensas. Não tiveram condições de ir para o hotel reservado, na Barra da Tijuca, e ficaram nas proximidades do aeroporto, onde conseguiram um hotel. Só tiveram condições de ir para a Barra da Tijuca, hoje, 9, por volta das 10h45. O trânsito,  de acordo com André, estava bastante complicado.  “Os colegas do Tocantins  pegaram um voo com mais turbulências que nós. Eles vieram com o coração na mão”, contou.

O evento deveria ter começado às 8h30 da manhã,  mas em virtude das fortes chuvas e dificuldades de mobilidade no Rio, foi adiado para mais tarde, até que todos pudessem chegar. “Está muito triste aqui com essas mortes”, lamentou o André Brito.

Já chega a sete o número de mortos pelas fortes chuvas no Rio de Janeiro.  Tantos os governos municipal como  estadual orientaram as pessoas a ficarem em casa.

 

 

 

Leia Também

José Erivaldo de Souza: “um grande ser humano e profissional dedicadíssimo”

“Uma boa pessoa e profissional dedicadíssimo.” “Ele é um grande ser humano.” “Foram muitas caminhadas …