quinta-feira, 22/10/2020

Saiba se você tem direito ao Corona Voucher do Governo Federal

A Prefeitura disponibilizou um canal de informações Arte: Secom\PMA

A Secretaria Municipal da Assistência Social  criou uma Central de Atendimento, que já está funcionando,  para que  você sabia se  tem direito ou não ao Corona Voucher, aquela ajuda de R$ 600,00 que o Governo Federal dará por três meses. Essa ajuda é destinada aos trabalhadores informais que se enquadrem nos critérios de baixa renda, afetados pelas medidas preventivas contra o novo coronavírus (Covid-19).

O número de atendimento da Central é o (79) 3304-3535, e estará disponível de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. Fora do horário do expediente, as informações podem ser acessadas através do site da prefeitura.

O objetivo é oferecer um atendimento mais eficaz e sanar dúvidas sobre quais critérios são necessários para o recebimento do auxílio emergencial. Para isso, foi montada uma estrutura com técnicos da Assistência Social de Aracaju, que receberão as ligações telefônicas.

O benefício foi aprovado pelo Senado Federal na última segunda-feira (30) e será liberado após sanção da Presidência da República. O governo ainda definirá o calendário de pagamento e disponibilizará uma plataforma para as pessoas que não estão inseridas no Cadastro Único terem acesso ao auxílio emergencial.

Requisitos

Para ter direito ao Corona Voucher você tem que ter mais de 18 anos de idade, não ter emprego formal com carteira registrada; não receber benefício previdenciário ou assistencial (BPC), seguro-desemprego ou de outro programa de transparência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;  ter renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar total (tudo que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e também não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

Leia Também

Uber passará a transportar passageiros em motos em Aracaju; prefeitura considera mototaxistas como clandestinos

Apesar da Prefeitura de Aracaju considerar o serviço de mototaxista como clandestino, a plataforma Uber …