quarta-feira, 09/06/2021
Trabalho de vacinação da Prefeitura de Aracaju Foto: Sérgio Silva/PMA

Prefeitura reformula logística para viabilizar segunda fase da vacinação contra Covid-19 em Aracaju

A segunda fase da vacinação contra a Covid-19, em Aracaju, iniciada no dia 4, ampliou o público-alvo da campanha, a qual abrange, agora, pessoas acima dos 56 anos com deficiência permanente e com comorbidades, a exemplo de diabetes, problemas cardíacos e respiratórios graves, obesas com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 40, pacientes renais e as demais comorbidades definidas como prioritárias pelo Ministério da Saúde.

Além da imunização desse novo público, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), está aplicando a segunda dose da CoronaVac e da AstraZeneca; e vacinando idosos acima de 60 anos, profissionais de saúde, agentes de segurança e salvamento. Aracaju recebeu, também, doses da vacina produzida pela Pfizer, que exige uma refrigeração cuidadosa e um manejo específico.

Waneska Barboza: ““Nosso trabalho está focado no rigor” Foto: Marcelle Cristinne/PMA

A necessidade de agilizar a vacinação, aliada à complexidade de gerenciar a distribuição e aplicação das doses, exigiu da Prefeitura de Aracaju uma readequação na logística. Por esse motivo, nesta segunda fase, a SMS estabeleceu Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e pontos de apoio exclusivos para cada tipo de vacina.

A vacina da Pfizer, por exemplo, foi destinada para os profissionais de saúde, gestantes e puérperas, com ponto de vacinação no auditório anexo à Emef Presidente Vargas. A partir de quarta-feira,12, gestante e puérperas podem receber a Pfizer nas Unidades Básicas de Saúde Sinhazinha e Carlos Hardman.

Já a segunda dose da CoronaVac está sendo aplicada em três UBSs e dois pontos de apoio. Para a AstraZeneca, foram definidos dez postos de vacinação, sendo nove UBSs e um ponto de apoio. Além disso, continua a imunização no drive-thru no Parque da Sementeira.

A secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, informa que essa reformulação da logística foi necessária para garantir o melhor aproveitamento das doses, para evitar aglomerações e para garantir um maior controle gerencial. “Estamos aplicando três tipos de vacina, com primeira e segunda dose. É um processo muito complexo, que exige um planejamento rigoroso”, detalha.

Waneska destaca que o planejamento vai sendo adaptado a partir do momento que o Plano Municipal de Imunização avança. “Nosso trabalho está focado no rigor, na celeridade e na busca de alternativas para viabilizar a imunização em Aracaju da melhor maneira possível. E os dados demonstram que estamos no caminho certo. Mesmo com alguns percalços devido à falta de vacinas, conseguimos imunizar 17,38% da população, índice acima da média nacional, que é de 16,96%”, ressalta.

Vacinação comorbidades

Esta semana, estão sendo vacinadas, de forma escalonada, as pessoas de 58, 57 e 56 anos com comorbidades ou deficiência permanente que estejam cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC). Poderão se vacinar, também, aracajuanos acima de 18 anos com doença renal crônica em diálise.

As pessoas com comorbidades necessitam de um relatório médico que ateste alguma das doenças definidas pelo Ministério da Saúde. Com esse laudo, é possível fazer o cadastro no portal VacinAju, inserir a documentação exigida e aguardar a liberação do código para ser vacinado no drive-thru no Parque Governador Augusto Franco (Sementeira), das 8h às 17h.

A outra opção é ser vacinado em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou nos pontos de apoio. Nesses locais, deve-se apresentar o laudo médico e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), não é necessário fazer o cadastro no VacinAju. Quem ainda não possui o cadastro no SUS deve levar original e cópia do RG, CPF e do comprovante de residência atualizado. O cadastro é feito na hora e a vacina pode ser aplicada em seguida.

Segunda dose

A aplicação da segunda dose da CoronaVac está sendo realizada no drive-thru na Sementeira, das 8h às 17h e nas UBSs Francisco Fonseca (18 do Forte), Amélia Leite (Suíssa) e Oswaldo de Souza (Getúlio Vargas); e nos pontos de apoio na Estação Cidadania do Bugio e o Colégio CCPA (Grageru), das 8h às 16h.

Idosos sendo vacinados Foto: Sérgio Silva/PMA

Para receber a segunda dose é obrigatório apresentar o cartão de vacinação e um documento de identificação com foto. Quem optar pela imunização no drive deve apresentar, ainda, o código que foi gerado no portal VacinAju para receber a primeira dose. Já para ser imunizado na UBS, basta apresentar os cartões de vacinação e do SUS.

Já a segunda dose das AstraZeneca está sendo aplicada nas UBSs José Augusto Barreto (Japãozinho), Augusto Franco (Farolândia), Santa Terezinha (Zona de Expansão), Marx de Carvalho (Ponto Novo), Adel Nunes (Bairro América), Manoel de Souza Pereira (Jabotiana), Hugo Gurgel (Coroa do Meio), Cândida Alves (Santo Antônio), Edézio Vieira de Melo, e no ponto de apoio no Cras João de Oliveira Sobral (Santos Dumont), das 8h às 16h, mediante apresentação dos cartões de vacinação e do SUS.

Informações atualizadas sobre a imunização em Aracaju, bem como o detalhamento dos locais de vacinação e a lista das comorbidades que dão direito à vacina estão disponíveis no site e nas redes sociais da Prefeitura e da SMS. “É importante que a população esteja atenta às informações oficiais, pois fazemos a atualização periódica, sempre que avançamos mais um passo na vacinação em Aracaju”, enfatiza a secretária.

Leia Também

Revitalização do Parque da Sementeira trará novos ares a um dos espaços públicos mais importantes de Aracaju

Inaugurado há mais de 35 anos, o Parque Augusto Franco, conhecido como Parque da Sementeira, …