quinta-feira, 23/05/2024
Edvaldo Nogueira assina o termo de adesão, sob as vistas da reitora Cilene Andrade Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

Prefeito Edvaldo assina termo de adesão para abertura de novo curso de medicina em Aracaju

Compartilhe:

O prefeito Edvaldo Nogueira recebeu em seu gabinete, ontem, 8, a reitora do Centro Universitário Maurício de Nassau em Aracaju (Uninassau – Aracaju), Cilene Andrade, e o secretário municipal da Saúde, João Vitor Burgos, para assinar o termo de adesão para a abertura do curso de Medicina na instituição de ensino superior. Atualmente, duas universidades disponibilizam a graduação nesta área da saúde no Estado, o que será ampliado com a oferta de novas vagas, trazendo benefícios para a população, como ressalta o gestor da cidade.

“Eu acho muito importante que a gente possa ter o aumento no número da formação de médicos. Hoje, temos uma carência muito grande de formação desses profissionais em todo o país. Por isso, com a chegada do curso na Uninassau, nossa cidade passa a ter três universidades que disponibilizam esta graduação, assegurando que mais pessoas possam ter a possibilidade de ingressar em uma profissão tão valiosa e, consequentemente, a população tenha mais médicos para cuidar da saúde. Ainda há uma carência muito grande desses profissionais na atenção básica e esse é um dos grandes desafios na área da Saúde, atualmente, sobretudo nas cidades grandes. Portanto, esse é um importante passo para que possamos avançar nesse tema”, destacou.

De acordo com a reitora da Uninassau, com a chegada do curso de medicina na instituição, a população aracajuana e sergipana serão beneficiadas, não só com um aumento no número de médicos disponíveis no mercado de trabalho a longo prazo, mas já com os estudantes, quando começarem a estagiar nas unidades de saúde.

“Agradeço muito por esse espaço e vamos trabalhar para contribuir com a formação daqueles alunos que poderão realizar o sonho de entrar no curso de medicina. Isso vai trazer resultados positivos diretamente para a população, pois o maior benefício de um curso de medicina é para a sociedade onde a gente está inserida e todo seu entorno. Com o curso, vamos utilizar as unidades básicas de saúde daqui de Aracaju e de outros municípios para fortalecer a atenção primária e até diminuir a demanda por atendimentos de alta complexidade, que sempre são concentrados nas capitais”, explicou Cilene.

O acordo prevê que a faculdade de medicina use as estruturas do município para a formação dos seus estudantes, através da oferta de estágio, por exemplo. Esse fator é considerado pelo secretário da Saúde como de relevante importância para essa área da administração pública.

“A abertura desse curso é de suma importância para a cidade de Aracaju e para o estado de Sergipe. Isso traz nova mão de obra para o atendimento ao cidadão. Hoje temos somente dois cursos de medicina aqui na cidade e agora isso vai mudar. Vale lembrar também que o Sistema Único de Saúde tem uma obrigação principiológica, que é a questão de oferecer para os nossos estudantes, esses alunos universitários, a oportunidade de aprendizado prático, ou seja, teremos esses profissionais em formação trabalhando nas nossas unidades de atendimento. Isso contribui com a formação e também com a promoção à saúde dos nossos cidadãos. Tenho certeza de que essa novidade será muito importante para todos os aracajuanos”, afirmou João Vitor.

Compartilhe:

Sobre Só Sergipe

Portal Só Sergipe
Site de Notícias Levadas a Sério.

Leia Também

Vale a pena comprar um apartamento na zona sul de São Paulo?

A compra de ap na zona sul pode ser impulsionada por diversos fatores, e estudos …

WhatsApp chat