segunda-feira, 21/09/2020
Live com Michel Temer promovido pelo Lide Sergipe

Michel Temer diz a empresários sergipanos que 2021 a 2030 será a década de abertura do Brasil para o mundo

Compartilhe:

O ex-presidente Michel Temer disse hoje, 15, durante live promovida pelo Lide Sergipe, que a década de 2021 a 2030 será de abertura do país para o mundo, mas alertou para a necessidade de se seguir  preceitos: fazer investimentos públicos, dar incentivo à iniciativa privada nacional e ter credibilidade no exterior. Na live, ancorada pelo presidente executivo do Lide Sergipe, Victor Rollemberg, Temer afirmou que “é fundamental o país ser multilateralista. Não podemos, jamais, sermos isolacionistas”.

Ao defender um país multilateral, Temer frisou que os principais parceiros comerciais do Brasil, hoje, são Estados Unidos e China. Por isso, o país não deve tomar partido nessa contenda entre esses dois entes. “Nós temos é que abrir mercado e o Blairo Maggi (ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) fez isso em meu governo”, disse Temer ao se referir ao período de 12 de maio de 2016, quando assumiu a presidência  da República, em virtude do impeachment da então titular Dilma Rousseff, até 1º de janeiro 2019.

Michel Temer defendeu, também, a necessidade de prestigiar as produtivas do país e insistiu, durante toda a live – com duração média de uma hora – que é importante trazer investimentos estrangeiros para o país. “Esse pessoal quer investir no Brasil e precisa de segurança jurídica. Isso acontece com o cumprimento rigoroso da Constituição, que no dia 5 de outubro completa 32 anos de existência”, afirmou o presidente. Ao falar da Constituição fez um rápido histórico. “Construímos um novo Estado brasileiro, sob o foco jurídico. Até diria que renasceu. Saímos de um sistema autoritário para o democrático e participativo”,  completou.

Harmonia

Nos 2,5 anos de governo, Temer lembrou que deu sua contribuição na recuperação do país. “Peguei um PIB (Produto Interno Bruto) de menos 3,6% e deixei positivo de 1,3%. O ex-presidente Lula tornou  a pobreza visível, inaugurando o projeto Minha Casa, Minha Vida. Até mesmo quando ele passou o governo para Dilma, e no meu governo fizemos aquilo que  foi fundamental para as reformas constitucionais. Fizemos reforma dos gastos públicos, reforma trabalhista que teve um efeito especial. Conseguimos, com o conjunto de medidas, degelar a inflação, reduzir os juros de 14,25% para 6,5% e continuou a cair “, destacou.

Numa segunda parte da live, os conselheiros do Lide Sergipe fizeram perguntas ao ex-presidente Michel Temer, a exemplo do empresário, presidente do Conselho do Lide,  Albano Franco, que questionou se a confiabilidade do empresário depende da harmonia entre os três poderes – executivo, legislativo e judiciário. Segundo Temer, “a harmonia é fundamental” e lembrou o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ayres Brito, que em um dos seus livros disse: “quem tem poder no nosso sistema é o povo. Os demais têm poder derivado. E disputa de poder cria instabilidade”.

Coube ao conselheiro Sílvio Bastos lembrar a verve poética de Michel Temer, recitando um dos poemas do livro “Anônima Identidade” e que foi o ex-presidente que criou a primeira Delegacia, no governo Franco Montoro, em São Paulo.

Em Sergipe

No final da live, Victor Rollemberg, ressaltou a importância do governo Michel Temer para Sergipe. “Em 2,5 anos o senhor viabilizou R$ 1,8 bilhão para o nosso Estado. Nunca na história, em tão pouco tempo, tivemos tantos recursos. Diversos bairros de Aracaju foram melhorados na sua administração. Pelo menos, 70% das obras da capital foram captadas no seu governo, que tinha como líder o sergipano André Moura, então deputado federal”, afirmou.

“Diante desse olhar apartidário, antecipo o convite para 2021, para que o senhor venha, ao vivo, almoçar com os principais empresários de Sergipe”, disse Victor. O convite foi aceito por Temer, ao lembrar, também, que André Moura o ajudou bastante.

Compartilhe:

Leia Também

Sintasa protesta contra corte de gratificações nos salários de servidores e discutirá indicativo de greve

O Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) realiza, na …

Deixe uma resposta