segunda-feira, 09/12/2019
Início » Editorias » Negócios » FIES defende interação entre governo e legislativo
Powered by Rock Convert
O evento será na sede FIES

FIES defende interação entre governo e legislativo

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

O  coordenador do Gabinete de Defesa de Interesses da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), Luís Paulo Dias Miranda, defendeu hoje, 17,  que uma interação entre a nova equipe do governo Michel Temer e o Legislativo  será fundamental para o sucesso da economia brasileira.  Hoje pela manhã, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou o nome de Ilan Goldfajn para presidir o Banco Central.

“A indicação do renomado Economista Ilan Goldfajn para o Banco Central e de outros excelentes quadros técnicos para o Ministério da Fazenda selam a montagem de um time experiente, competente e com credibilidade para a condução da economia. No entanto, a costura política para obtenção dos resultados no Congresso Nacional tem que ser elaborada de forma correta para que se ganhe o jogo. Nesse campo, esperamos que o experiente Romero Jucá ajude a conduzir as peças no tabuleiro”, disse Miranda.

Ilan Goldfajn terá a missão de, juntamente com a equipe econômico, traçar um plano para a derrubada, aos poucos, dos juros. Já foi diretor financeiro da instituição entre 2000 e 2003, na gestão Armínio Fraga, e nesses últimos sete anos era o economista-chefe do Itaú-Unibanco.

Outro destaque vai para Tarcísio Godoy, nomeado secretário-executivo do Ministério da Fazenda, cargo que ocupou até o final do ano passado durante a estadia de Joaquim Levy na fazenda. Também já trabalhou na Brasilprev e no Tesouro Nacional. Entre 2010 e 2014, era diretor da Bradesco Seguros.

Maria Sílvia Bastos Marques foi a escolhida para presidir o BNDES, órgão de suma importância para o desenvolvimento da indústria nacional. Presidente da Companhia Siderúrgica Nacional entre 1999 e 2002, ela atualmente estava como assessora especial para os Jogos Olímpicos do Rio 2016.

A equipe foi concluída com Mansueto Almeida, nomeado secretário de Acompanhamento Econômico e funcionário licenciado do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Carlos Hamilton de Araújo, ex-diretor do grupo J&F (controladora da JBS, dona das marcas Friboi e Seara) e já foi diretor de Política Econômica do BC .

Por fim, Marcelo Caetano, encarregado de formular uma política de previdência para o país através da sua secretaria de Previdência. Ele era até então coordenador de Previdência do Ipea.

 

Compartilhe:

Leia Também

Sergipe tem potencial para produção de uvas viníferas

Powered by Rock Convert O Projeto Califórnia, no município de Canindé do São Francisco, tem …

WhatsApp chat