domingo, 18/07/2021
Estudantes que se preparam para o Enem terão mais uma oportunidade: estudo com a live Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília.

Enem: aulão online gratuito dará dicas de como fazer uma boa redação

A professora Klébia Sampaio, que atua principalmente nas áreas de linguística textual e literatura, em parceria com a Universidade Tiradentes, vai orientar os estudantes durante uma live no dia 11 de janeiro, às 19h30. Para participar basta se inscrever por meio do link hs.unit.br/aula-redacao-enem-pe. O acesso é gratuito.

Para a professora Klébia Sampaio, especialista no ensino da Língua Portuguesa e mestre em Culturas Africanas e Indígenas pela Universidade Estadual de Pernambuco – UPE, a escrita será uma habilidade decisiva por toda a vida, inclusive durante a fase acadêmica.

Klébia Sampaio: “Escrever é uma habilidade que se adquire com a prática”

A docente adianta alguns pontos sobre como produzir um bom texto e que serão abordados durante o encontro virtual. O primeiro é em relação ao tempo. “Muita gente tem dúvida qual o melhor tempo para realizar a redação. É importante reconhecer as habilidades sobre ler, entender e escrever. Se o candidato precisar de mais tempo, cabeça fresca para escrever, a dica é começar pela redação que deve ser feita em torno de uma hora e quarenta minutos, tempo ideal para fazer um rascunho e passar a limpo”, explica.

A professora ressalta ainda que é comum a dúvida sobre o uso de textos de apoio. Segundo a docente é possível, sim, utilizar textos de apoio, mas é importante lembrar que não se pode copiar. Se isso acontecer há a possibilidade de a banca examinadora deixar de corrigir as linhas copiadas ou ainda penalizar com zero.  “A sugestão é parafrasear, interpretar as informações do texto de apoio e trazer para dentro do texto, a exemplo de números, infográficos, dados, datas, sem esquecer de informar as fontes.  Isso vai oferecer ao estudante um pouco mais de repertório para fazer uma boa argumentação”.

Um item opcional da redação é a titulação, mas se o estudante tem treinado nesse formato é importante saber que o título tem que ser escrito com a mesma letra que se fez no texto. “Tem gente que gosta de mudar a letra para dar um destaque.  Se o título tem verbo usa ponto final. Se o título não tiver verbo, não precisa de ponto final. Um título eficiente é aquele que tem acima de três palavras. Um título muito ruim é aquele que vai ter uma ou duas palavras.  Centraliza na primeira linha e não precisa pular linha nenhuma para começar a fazer o texto”, orienta.

“Escrever é uma habilidade que se adquire com a prática. Escrever se aprende escrevendo! Então, o estudante que treinou, escreveu, refletiu sobre algumas temáticas e transmutou isso para folha, rascunhou, fez e refez ele está, sim, preparado para escrever seja qual for o tema. Escrever demanda tempo, reflexão, prática, apaga, refaz. Volto a dizer: escrever se aprende escrevendo, não existe fórmula mágica”, completa Klébia.

Leia Também

Relatório do Imposto de Renda pode tirar R$ 40 milhões da arrecadação de Aracaju

O secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos, disse hoje, 16, que  o município de  Aracaju  …