segunda-feira, 16/09/2019
Início » Editorias » Negócios » Economista faz desafio ao Governo do Estado
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
O economista Luís Moura: economia estagnada

Economista faz desafio ao Governo do Estado

Compartilhe:

O economista Luís Moura, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos (Dieese), desafiou o Governo do Estado a mostrar que está em péssima situação financeira  para justificar um possível atraso no pagamento de salários dos servidores. O desafio ocorreu hoje,  durante o Jornal da Fan, com Narcizo Machado, ao explicar que o governo não tem motivos para não atrasar os pagamentos. Ele lamentou que o governo não tenha enviado para a emissora um representante da Secretaria da Fazenda para um debate sobre o assunto. O tema do debate foi sugerido pelos internautas da Fan1 FM, mas foi desfalcado pela ausência do governo do Estado. E isso frustrou os ouvintes do programa.

Luís Moura lembrou, durante o programa, que “em 2013, o Governo viveu o pior período financeiro dos últimos 10 anos e não atrasou salários. A situação hoje é bem melhor que naquele ano. Pelos números da Secretaria de Estado da Fazenda, não deveríamos estar preocupados com atrasos de salários. O Estado controlou os gastos.” E foi mais longe: “desafio qualquer técnico da Fazenda a fazer a contestação desses dados”.

As explicações de Luís Moura põem em xeque as declarações do governador Belivaldo Chagas, que chegou a cogitar a possibilidade de decretar estado de calamidade financeira, como ocorreu em outras unidades da federação.

Segundo a Fan1 FM, o governo informou que em março deve fazer uma reunião com técnicos e parlamentares para depois apresentar os dados à população. E que não há interesse algum em esconder a real situação financeira enfrentada.  Mas não aproveitou a oportunidade de debater, claramente, sobre o assunto.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

Banco do Nordeste reúne entidades para discutir o FNE

O Banco do Nordeste promove amplo diálogo com entidades parceiras e representantes dos setores produtivos …

WhatsApp chat