quinta-feira, 13/05/2021
UTI Covid do Hospital João Alves Filho Foto: Ascom/SES

Covid-19 já matou sete grávidas e puérperas em Sergipe

O número de mortes de grávidas e puérperas – mães de recém-nascidos – por Covid-19, no Brasil, mais que dobrou em 2021 em relação à média semanal de 2020. Em Sergipe, segundo dados analisados pelo Observatório Obstetrício Brasileiro Covid-19 (OOBr Covid-19), seis mulheres morreram em 2020 e este ano uma, totalizando sete óbitos.

No ano passado, de acordo com o OOBr Covid-19, foram 59 casos em Sergipe, sendo que 20 foram finalizados (ou seja, com desfecho de cura ou óbito), sendo que  42% das pacientes foram para a UTI e 35,29%  intubadas. Até agora, em 2021, foram 37 casos, 10 finalizados e uma morte. Destes 37 casos, 20% foram para UTI e  10% intubadas.

Uma média de 10,5 gestantes e puérperas morreram por semana em 2020, chegando a um total de 453 mortes no ano passado em 43 semanas epidemiológicas. Já em 2021, a média de óbitos por semana chegou, até 10 de abril, a 25,8 neste grupo, totalizando 362 óbitos neste ano durante 14 semanas epidemiológicas.

Segundo o levantamento houve um aumento de 145,4% na média semanal de 2021 quando comparado com a média de mortes semanal do ano passado. Enquanto isso, na população em geral, o aumento na taxa de morte semanal em 2021 na comparação com o ano anterior foi de 61,6%.

A professora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e uma das criadoras do observatório, a médica Rossana Francisco avalia que o país precisa de políticas públicas direcionadas para a população de gestantes e puérperas para conseguir reduzir sua mortalidade.

O OOBr Covid-19 usa dados do Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e, segundo a atualização mais recente, com números até 10 de abril deste ano, desde o início da pandemia foram confirmados 9.985 casos de covid-19 entre gestantes e puérperas, com 815 mortes.

Com informações da Agência Brasil

Leia Também

Unigel destaca recontratação de funcionários em retomada da fábrica de fertilizantes 

O reinício da produção e venda de fertilizantes da Unigel Agro SE (antiga Fafen) vem …