terça-feira, 27/10/2020
Porto de Sergipe I Foto: Arthuro Paganini

Presidente Jair Bolsonaro estará em Sergipe para inauguração da Usina Termoelétrica na Barra dos Coqueiros

No próximo dia 17 de agosto,  às 8h30, o Governo do Estado de Sergipe e as Centrais Elétricas de Sergipe (Celse), uma sociedade Golar Power e EBrasil, vão inaugurar oficialmente a Usina Termoelétrica Porto do Sergipe I (potência de 1551 MW), com presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e demais autoridades. Durante a cerimônia, haverá o descerramento da placa comemorativa, marcando a inauguração oficial da Usina. Está programado, também, um sobrevoo de helicóptero pelo terminal de GNL (o FSRU Golar Nanook), nas imediações do Porto de Sergipe e da Térmica.

A UTE Porto Sergipe I, localizada dentro da Termoelétrica, em Barra dos Coqueiros, entrou em operação comercial em março de 2020. O combustível utilizado é o gás natural, trazido para Sergipe na forma de gás natural liquefeito – GNL, e regaseificado na Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação (FSRU), uma solução mais eficaz e menos poluente na comparação com o diesel e o carvão, já que reduz a emissão de gases em até 90%. A usina, considerada uma das maiores da América Latina, tem capacidade de atender 15% da demanda de energia do Nordeste.

Vetor de desenvolvimento 

A cerimônia de inauguração reforça o momento de transformação de Sergipe em um ambiente promissor para as empresas que já estão no Estado, e para aquelas que têm interesse em se instalar na região. O Estado tem se associado às diretrizes do Novo Mercado de Gás, implantado pelo governo federal, seja por meio das alterações feitas na legislação estadual para reduzir ou isentar de ICMS do gás a atividade industrial ou até mesmo pelo novo Regulamento dos Serviços Locais de Gás Canalizado do Estado de Sergipe, recentemente aprovado pelo Conselho Superior da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese).

Sergipe terá na próxima década uma grande disponibilidade de gás para ser utilizado a partir da produção de petróleo e gás em águas profundas do litoral do estado, com volume estimado que corresponde a mais de quatro vezes a atual capacidade de consumo da região Nordeste do Brasil. O Estado dispõe hoje do primeiro terminal privado de GNL integrante do projeto termoelétrico Porto de Sergipe, com capacidade de regaseificação de até 21 milhões de m³/dia e possibilidade de atendimento a diversas demandas de GNL e gás natural.

Em dezembro de 2019, o Fórum Sergipano de Petróleo e Gás (FSP&G), evento no qual foram lançados os primeiros caminhões movidos 100% a GNL do Brasil, foi o primeiro marco desse movimento que culminou na inauguração da Usina.

“Corredores Verdes”

Aliado aos complexos integrados termelétricos em construção pelo país (Barcarena-PA e São Francisco do Sul-SC), a Golar Power recebe ainda este mês os primeiros caminhões movidos 100% a GNL em parceria com a Alliance GNLog. Com este investimento, a empresa abre a frente de “small scale” (Pequena Escala), ajudando a democratizar o acesso ao energético no país, ajudando na redução do valor do gás, e a garantir mais independência na matriz elétrica do Brasil.

O uso do GNL nesses moldes já é realidade na Europa, nos EUA e na China, que conta atualmente com uma frota de mais 300 mil veículos. Em parceria com a Shacman, a Alliance GNLog trouxe os primeiros veículos deste tipo para o Brasil e se uniu à Golar, que é a fornecedora oficial do GNL. A ação iniciou o plano de implementação da infraestrutura de abastecimento do energética por meio dos “Corredores Verdes” em todo o Brasil, tanto para veículos leves, quanto para caminhões, comércio e postos.

Com o intuito de ajudar a imprensa a realizar o seu trabalho, uma vez que muitos profissionais estão trabalhando remotamente, o evento transmitirá, ao vivo, pelo canal da Celse no Youtube, além da cobertura, ao vivo, pela TV Brasil.

Além de Bolsonaro, estarão presentes, o ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior, do governador do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas, do CEO da Golar Power, Eduardo Antonello, do Presidente da Celse, Pedro Akos Litsek e do deputado federal, Laércio Oliveira (PP-SE) e outras autoridades.

Leia Também

Estácio promove mais uma edição do evento “Mês da Carreira”

Desta terça-feira (27) até o próximo dia 30, a Estácio – uma das maiores e …