domingo, 05/09/2021
Josa sofria de Alzheimer há 10 anos Foto: Instituto Marcelo Déda

Morre aos 91 anos, Josa, o Vaqueiro do Sertão

O cantor sergipano Josa, o Vaqueiro do Sertão, morreu hoje, aos 91 anos. Ele deixou mais de 300 composições registradas, percorreu o Brasil, se apresentou em programas de televisão, a exemplo de Chacrinha, ao lado de Maria Feliciana, considerada a mulher mais alta de Sergipe.

Josa, cujo nome completo era José Gregório Ribeiro, nasceu em Simão Dias.  Ainda jovem, foi seguir carreira militar  no Rio de Janeiro, tocou na banda da corporação, mas uma queda de cavalo interrompeu a vida na caserna. De volta a Sergipe, decidiu cantar e tocar. Fã de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, Josa pegou o acordeon, colocou um chapéu de couro na cabeça e foi cantar pelo Estado.

Com mais de 300 composições de sua autoria e devidamente registradas, Josa correu o Brasil, se apresentou em programas de televisão, a exemplo de Chacrinha, ao lado de Maria Feliciana, considerada a mulher mais alta de Sergipe.

No ano passado, quando completou 90 anos, os artistas sergipanos fizeram uma festa em sua homenagem.

Leia Também

Atendimentos psiquiátricos gratuitos serão realizados em Aracaju

O setembro amarelo em Sergipe segue com diversas ações, entre elas o atendimento psiquiátrico gratuito …