domingo, 29/08/2021
Debate com as distribuidoras de gás no Nordeste Fotos: José Castilho/Sergas

Gás natural foi a pauta nessa última quarta-feira em Natal

Na última quarta-feira (25), foi realizado em Natal (RN) um encontro entre os governadores dos estados integrantes do Consórcio Nordeste. Um dos mais importantes temas da pauta foi a discussão da compra de ações das companhias distribuidoras de gás do Nordeste. A maioria dos governadores resolveram estudar mais o tema, devido à especificidade de cada companhia estadual. O direito de preferência, na visão dos participantes, está relacionado ao status estratégico do segmento e o fortalecimento das concessionárias do nordeste.

Participaram do evento os governadores Fátima Bezerra (RN), Wellington Dias (PI), Renan Filho (AL), representante (BA), Camilo Santana (CE), Flávio Dino (MA) e João Azevedo (PB), além das vice-governadoras Luciana Santos (PE) e Eliane Aquino (SE). Estiveram presentes, ainda, os presidentes das distribuidoras estaduais de gás natural.

Reunião dos presidentes das companhias de gás do Nordeste

Os diretores-presidentes das distribuidoras de gás natural da região Nordeste se reuniram para alinhar diversas pautas em comum. O encontro foi sediado pela Companhia Potiguar de Gás (Potigás) e realizado após a reunião dos Governadores da região.

Reunião de grande importância, na visão de Valmor Barbosa

Os presidentes trataram do transporte de gás e dos novos contratos de suprimentos para o biênio 2022/2023, que estão sendo fechados pelas distribuidoras para aquisição de gás natural através de Chamada Pública. Foram tratadas, ainda, questões relacionadas à Nova Lei do Gás e a possível venda das ações da Gaspetro nas distribuidoras de gás natural.

Para o diretor-presidente da Sergas, Valmor Barbosa, “essa reunião se reveste de importância pelo fato de manter a unidade entre as distribuidoras do Nordeste, para que juntas possam discutir os contratos de suprimento e transporte do gás natural”. O diretor-presidente salienta que tais articulações são fundamentais para que as companhias possam oferecer uma tarifa módica e competitiva para o consumidor cativo.

“Durante a pandemia, as reuniões se mantiveram no formato de videoconferências, e agora voltamos a ter as reuniões presenciais. Esta reunião foi importante para discutirmos a questão da venda da participação da Gaspetro nas distribuidoras de gás, além da legislação e os benefícios da Nova Lei do Gás, com todos os players do segmento de gás natural”, finalizou Valmor Barbosa.

Leia Também

Santander abre inscrições para o Programa de Trainee 2022; se cadastre aqui

Com o objetivo de atrair jovens com aderência à cultura do Santander, que tenham garra …