quarta-feira, 08/07/2020
Secretário José Augusto Carvalho recebe empresários no gabinete

Aracaju vai sediar, em maio, o seminário Sergipe Oil & Gas

Compartilhe:

Aracaju vai sediar, possivelmente entre os dias 27 e 28 de maio, o “Sergipe Oil & Gas”, evento que tem como objetivo reunir, durante dois dias, grandes empresas do setor, além do governo, entidades de apoio, dentre outras. Hoje, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, José Augusto Carvalho, e técnicos da pasta, reuniram-se com os empresários responsáveis pelo evento. Eles querem o apoio do Governo do Estado.

A pauta do seminário vai discutir os  cenários de exploração e produção (E&P) em Sergipe, abrangendo a questão regulatória, experiências internacionais e projetos de E&P offshore. O Projeto de Gás Natural Liquefeito (GNL), a partir de Sergipe, também deverá ser discutido, bem como questões ambientais, qualificação das empresas, a reestruturação do mercado onshore e o gás como vetor de desenvolvimento em Sergipe.

“Ficamos bastantes satisfeitos em ver que o mercado está enxergando as possibilidades de crescimento que Sergipe terá nos próximos anos, e trazendo eventos como este para gerar um debate construtivo sobre o tema no Estado. Deixamos as portas abertas e iremos apoiar no que for possível para que este seminário aconteça”, garantiu o secretário José Augusto Carvalho.

O evento está sendo idealizado pelas  empresas Brain Market, Eolus Consultoria e Austral Consultoria. Segundo Eduardo Aragon, diretor geral da Brain Market, o impacto das novas descobertas de gás em Sergipe pode trazer, além de oportunidades, desafios para o estado. Por isso, a ideia de realizar um seminário  que atraia investidores e pesquisadores da área.

“Um desses desafios é adequar a cadeia produtiva para esse mercado muito grande que vem pela frente aqui no Estado, e, para isso, é preciso capacitação das empresas. Assim, vamos contribuir para que Sergipe se prepare de forma adequada para receber toda essa demanda. Afinal, o estado será um grande produtor no Nordeste de óleo e gás em alguns anos”, comentou.

Para o Rafael Valverde, CEO da Eolus Consultoria, esta é uma iniciativa pioneira e agressiva ao mesmo tempo. “A ideia é a gente conseguir desenvolver um evento que faça com que o mercado de óleo e gás de Sergipe seja bem mais atrativo. Só que para nós conseguirmos trazer esses grandes nomes, aquelas pessoas que enxerguem de fato uma potencialidade, nós precisamos andar juntos com o Governo”, ponderou.

Compartilhe:

Leia Também

Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia

Terminar o mês escolhendo quais boletos pagar. Essa virou a rotina de milhões de brasileiros …

Deixe uma resposta