quarta-feira, 09/06/2021
Edvaldo Nogueira: "Trabalhamos para apresentar resultados, construindo o presente com foco no futuro" Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

Aracaju é a quarta capital com melhor Índice de Efetividade da Gestão Municipal

Aracaju se destaca outra vez no cenário nacional, agora como a quarta capital brasileira com melhor avaliação no ranking do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), que mensura a eficácia das políticas públicas municipais.

Na última avaliação divulgada, relacionada ao ano de 2019, a capital sergipana ficou com uma nota geral 67,5, atrás, apenas, de Fortaleza (71,10), Curitiba (70,95) e Recife (70,45). No ranking regional, considerando as capitais do Nordeste, Aracaju é a terceira colocada. E no âmbito estadual, é a cidade com melhor IEGM.

 Para o prefeito Edvaldo Nogueira, é motivo de grande satisfação ver Aracaju se destacar entre as capitais com os melhores índices de efetividade na gestão “porque, em todas as nossas ações, sempre prezamos pela transparência, pela ética e, sobretudo, pelo compromisso com o cidadão”.

 “Trabalhamos para apresentar resultados, construindo o presente com foco no futuro, e, para isso, usamos o planejamento como mecanismo fundamental para o alcance das metas estabelecidas. Tem sido assim desde janeiro de 2017, quando assumimos o desafio de reconduzir a nossa capital no caminho do desenvolvimento e, hoje, colhemos os frutos. Aracaju é uma nova cidade, em todos os aspectos e o mais importante disso tudo é ver que toda a realização do nosso governo teve como objetivo melhorar a vida do aracajuano”, comemora o prefeito.

 O secretário-chefe da Controladoria-Geral do Município (CGM), Eliziário Sobral, destaca que o IEGM é muito importante porque, a partir dos mesmos parâmetros, faz a avaliação da efetividade das gestões municipais de todo o Brasil. “É motivo de muita alegria ter Aracaju figurando entre as capitais de destaque, é a demonstração da efetividade do trabalho que está sendo feito pela Prefeitura”, pontua.

 Eliziário destaca que o IEGM é fundamental para avaliar a gestão, e um indicador confiável para demonstrar à população a efetividade do que está sendo feito pela gestão municipal. “O IEGM é muito importante porque é um instrumento de avaliação externo e competente, que mostrar à sociedade que a gestão da Prefeitura de Aracaju é efetiva, transparente e cidadã”, enfatiza.

 Avanço constante

 Além da nota geral, O IEGM apresenta uma avaliação por categoria, dividida em A (nota acima de 90), B+ (nota de 75 a 89), B (nota de 60 a 74), C+ (nota de 50 a 59) e C (nota de 0 a 49). O índice máximo atingido na avaliação foi B, considerado efetivo, o que significa que Aracaju se mantém na mesma faixa de excelência das demais capitais do ranking.

 No comparativo das três últimas avaliações divulgadas, a capital sergipana se manteve na categoria B, demonstrando uma constância positiva na avaliação. Além disso, houve um avanço: em 2018 o IEGM de Aracaju foi 65,40, aumentando 2,10 pontos e atingindo a nota geral de 67,5 em 2019.

 O secretário detalha que a avaliação para aferir o IEGM leva em conta seis quesitos: educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, proteção à cidade, meio ambiente e governança em tecnologia da informação.

“Para cada um desses itens é preenchido um formulário, que é encaminhado ao Tribunal de Contas. Cabe à CGM verificar se os dados informados são verdadeiros, mas a avaliação é feita externamente, pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), através do Instituto Rui Barbosa”, explica Eliziário.

 Indicadores positivos

 Aracaju tem se destacado nacionalmente em outros rankings e avaliações, sendo a sexta capital com melhor aplicação da Lei Aldir Blanc, a segunda melhor capital no Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde, a capital do Nordeste com a menor taxa de letalidade por covid-19, além de apresentar um índice de vacinação acima da média nacional.

 Elizário destaca que esses resultados são alcançados, nas diversas áreas, graças ao trabalho conjunto desenvolvido pela Prefeitura de Aracaju. “Uma das grandes características da atual gestão é ter uma visão macro, que promove e favorece a integração, somando esforços para alcançar os resultados”, avalia.

 O secretário relata que possui 50 anos de experiência na vida pública, já atuou nos três poderes, nas instâncias municipal, estadual e federal, e diz se impressionar com o trabalho que está sendo realizado pela administração municipal de Aracaju. “Nós, enquanto cidadãos, devemos ter orgulho dessas conquistas, pois é um reconhecimento do trabalho realizado, sempre com transparência e compromisso. E o IEGM está aí como mais um atestado disso”, ressalta.

Leia Também

Vinte e três jornalistas que trabalharam na cobertura do incêndio do Nestor Piva estão com Covid-19

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (Sindojor/SE), identificou que …