terça-feira, 04/05/2021
Praça no povoado Carrilho: a castanha movimenta a economia local

Turismóloga lança a primeira Rota Turística Caminhos de Itabaiana

Ellen Carvalho: “Itabaiana tem potencial enorme para o turismo”

Será lançada hoje, às 16 horas, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em Itabaiana, a Rota Turística Caminhos da Serra de Itabaiana, organizada e planejada pela turismóloga Ellen Carvalho, mestra em Planejamento de Rotas de Turismo Rural. O objetivo é reunir o trade turístico para atrair visitantes daqui e de outros Estados para conhecer, segundo ela, o que é único em Sergipe, que são as tradições, cultura, experiências. “O turismo rural tem que ser atrativo, trazer algo diferenciado para encantar as pessoas”, disse Ellen.

A partir desse lançamento, todas as agências de turismo terão as informações sobre essa nova rota para que possam oferecer aos visitantes. Também será organizado um fan tour, reunindo jornalistas especializados. Para chegar a essa rota rural em Itabaiana, Ellen lembrou que durante três anos tudo foi feito de forma participativa, “não só com a criadora técnica, mas também com a participação da comunidade, do trade turístico e da academia/ Instituto Federal de Sergipe”.

Ela disse que “foi feito  um levantamento de dados, chegando à conclusão, que Itabaiana tem um potencial enorme pra o turismo, além de ser uma cidade que possui uma  economia forte e que  estava precisando desse pontapé inicial pra começar a enxergar a atividade turística como grande aliada para o desenvolvimento”.

Percílio, idealizador do Parque dos Falcões

A visita é de um dia e quem explica como vai ocorrer é a própria Ellen. “A rota sai de Aracaju e vamos para o Parque dos Falcões, com possibilidade de fazer a trilha da Serra de Itabaiana. Depois segue para o povoado Carrilho, cuja economia local é o beneficiamento das castanhas de caju, vamos conhecer as casas de farinha, ver a produção e também participar um pouco da produção. Paramos num restaurante para almoçar e em Itabaiana iremos para Feira do Luiz Gonzaga, iremos para o comércio para que os turistas possam comprar ouro e retornamos para o povoado Carrilho, onde vem sendo instituída uma base comunitária”.

“A partir dessa minha atitude, estamos implantando o primeiro restaurante camping e pousada no Carrilho. O projeto tem tudo para crescer e quem fizer parte dele passará por um treinamento e receberá um selo de qualidade”, explicou Ellen.

Mesmos destinos

Ellen afirmou que, como técnica da área, percebeu que há muito tempo os roteiros do turismo receptivo são os mesmos, então está precisando inovar nesse setor. “Percebi que apostamos somente no turismo de sol e praia e não tem como competir com Estados vizinhos como Alagoas, Pernambuco, onde as águas do mar são muito azuis, devido aos corais, mesmo nós sergipanos tendo praias bonitas”, destacou a turismóloga.

Ela destaca que Sergipe é quase 90% rural e existe um potencial muito grande, os municípios ainda não puderam colocar seu potencial turístico para florescer. “Em visitas técnicas percebi esse potencial, que não vem sendo desenvolvido no Estado”, pontuou.

Leia Também

Aracaju retoma, amanhã, vacinação contra Covid-19; veja quais são os grupos prioritários

A Prefeitura de Aracaju avançará na vacinação contra a Covid-19. Nesta terça-feira, dia 4 de …