sábado, 20/02/2021
A operação é de grande importância para todo o processo de movimentação do gás natural canalizado para Unigel

Sergas transfere estações de medição de Gás Natural Canalizado  para base construída junto à antiga Fafen/SE

A Sergas realizou a movimentação das duas estações de medição que estavam no seu pátio para a base que está sendo construída junto à planta industrial da Unigel Agro SE, antiga Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen\SE), localizada no município de Laranjeiras. Essa operação é de grande importância para todo o processo de movimentação do gás natural canalizado que será realizado pela distribuidora sergipana e que alimentará todo o processo industrial da nova empresa arrendatária do parque fabril da antiga Fafen/SE. A movimentação ocorreu na última segunda-feira, 15.

Valmor Chagas: “as duas estações foram transportadas por carretas”

O diretor presidente da Sergas, Valmor Barbosa, informa que “são duas estações que foram transportadas por carretas para a base em Laranjeiras, as quais irão fazer a transferência do gás do gasoduto da TAG, para dentro do parque fabril da  Unigel Agro SE”. Cada estação pesa cerca de seis toneladas, com vazão nominal de 1,6 milhão de m³/dia, podendo chegar até 1,8 milhão de m³/dia. “As estações contêm ainda medidores ultrassônicos e diâmetro nominal de oito polegadas”, completa Valmor Barbosa.

Segundo o gerente de engenharia da Sergas, Gustavo Cruz, as estações serão instaladas em linha, tendo uma delas a função de medição de fronteira, ou seja, fazendo o comparativo entre a medição da vazão do gás que sai da tubulação da TAG, para a estação da Sergas. “A segunda estação fará a medição do gás movimentado pela Sergas para a planta da Unigel Agro SE. Além das duas estações, será instalado um cromatógrafo e todo um sistema de telemetria de última geração. É importante frisar que o gás que será movimentado pela Sergas para o pátio industrial da Unigel, não será odorado devido a utilidade que será dado dentro do processo industrial, onde será transformado em amônia e ureia”, explica.

Para o engenheiro civil da Sergas, Victor Barbosa, o investimento da companhia para atender à Unigel é muito importante, uma vez que foi necessário realizar obras de construção civil para implantação das estações de medição. “O atendimento à Unigel Agro SE só será possível graças a esta obra e o prazo previsto para o encerramento dessa fase é até o final de fevereiro”, esclarece Victor. O investimento da Sergas para atender a Unigel Agro SE gira em torno de R$ 2.780.000,00.

Segurança

Toda obra realizada pela Sergas preza pela segurança, e nesta, envolvendo a TAG/Transpetro e a Unigel Agro SE, não está sendo diferente. As atividades operacionais que são realizadas pela Sergas, passam por avaliação dos riscos inerentes às atividades, propondo e executando todas as ações mitigadoras, com intuito de evitar qualquer tipo de acidente. Este procedimento é padrão, onde existe a busca pela excelência na segurança dos seus colaboradores, qualidade dos serviços executados, assim como a preocupação com o meio ambiente.

Leia Também

Energisa anuncia investimento de R$ 143,1 milhões em Sergipe

O diretor-presidente da Energisa Sergipe, Roberto Carlos Currais, anunciou ontem, em entrevista coletiva, que a …