quinta-feira, 26/08/2021
Emef Dom Távora: unidade escolar foi ampliada para atender a 800 estudantes de pré-escola e dos anos iniciais do Ensino Fundamental Fotos: Marcelle Cristinne

Prefeitura de Aracaju contempla demandas dos moradores da zona Norte ao reformar escolas e praças da região

Paralelamente às ações de enfrentamento ao novo coronavírus, e na contramão da crise financeira que aflige a maioria dos municípios do país, a Prefeitura de Aracaju segue realizando investimentos em toda a cidade e entregando à população os frutos desse trabalho. Desse modo, no decorrer da semana passada, o município inaugurou as obras de reforma e construção de duas escolas e a reurbanização de mais duas praças.

No bairro Santo Antônio, a Prefeitura entregou à população, no dia 5, a obra de reconstrução da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Dom José Vicente Távora, unidade escolar localizada na rua Manoel Preto e cuja capacidade de atendimento foi ampliada para atender a 800 estudantes de pré-escola e dos anos iniciais do ensino fundamental. Para isso, foram investidos mais de R$4,8 milhões em recursos do tesouro municipal.

Para sua ampla modernização, o prédio antigo, cuja estrutura estava comprometida, foi demolido, dando espaço a um novo, completamente reestruturado. Agora, as crianças matriculadas na unidade terão acesso a 12 salas de aulas equipadas com aparelhos de ar-condicionado, biblioteca, laboratório de ciências, sala para atividades de dança, de vídeo e de música, entre outros espaços, todos adaptados às normas de acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Além disso, na área externa foi construída uma quadra poliesportiva, área verde, espaço para recreação e estacionamento para 30 veículos.

Para a qualificação da aprendizagem, a metodologia que será adotada na Emef é a sociointeracionista, com estratégias pedagógicas fundamentadas nas aprendizagens, baseadas na realização de projetos e na resolução de problemas.

Emef  Carvalho Neto, no bairro Novo Paraíso

No dia 6, o Município inaugurou a reforma da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Carvalho Neto. Localizada no bairro Novo Paraíso, a unidade de ensino foi completamente reestruturada, tendo sua área duplicada para o atendimento de até 800 estudantes do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Foram investidos mais de R$2 milhões na execução do projeto, com recursos próprios da Prefeitura.

Biblioteca da Emef Carvalho Neto

“Essas são escolas importantes para a comunidade escolar, equipamentos fundamentais para garantir o acesso à inclusão e a permanência das nossas crianças e adolescentes na educação municipal. A Carvalho Neto, por exemplo, é referência histórica desta comunidade e poder devolvê-la, completamente reformada, neste momento em que nos preparamos para o retorno presencial das aulas, é muito importante. Hoje, ela possui uma nova estrutura, salas amplas, ventiladas, e assim como a Dom Távora, obedece a todas as normas de acessibilidade e segurança sanitária”, frisa a secretária municipal da Educação, Cecília Leite.

Com a reestruturação, a unidade escolar passou a ter dois pavimentos. O térreo possui cinco salas de aula, sala de informática, biblioteca, sanitários e departamentos administrativos. Já no pavimento superior, foram projetadas mais seis salas de aula, além de banheiros. A escola conta, ainda, com uma moderna quadra poliesportiva, de 364 m² e já está dotada de sistema de videomonitoramento, lousas digitais, aparelhos de ar condicionado e sistema wi-fi. Antes da reforma e ampliação, a escola de ensino fundamental tinha capacidade para 440 alunos. Agora, passa a ofertar 800 vagas, ampliando o acesso à educação na localidade.

Espaços de convívio e socialização

No sentido de contribuir para o convívio social e lazer, que ajudam na qualidade de vida da população, a Prefeitura também realizou a entrega da reurbanização de duas praças, demandas antigas dos moradores dos bairros onde estão localizadas.

Praça Princesa Isabel reurbanizada

A primeira delas, entregue no dia 6, foi a Princesa Isabel, localizada no bairro Santo Antônio. A reurbanização da praça faz parte de um conjunto de investimentos da Prefeitura na localidade, uma vez que as principais avenidas do seu entorno já receberam nova pavimentação asfáltica. O local recebeu nova pavimentação em concreto, piso tátil, adequando o espaço às normas de acessibilidade e projeto paisagístico. Também foram implantados 46 bancos de concreto e, para garantir a segurança da população, foram colocados 20 postes de iluminação decorativa. Para a obra, foram investidos mais de R$275 mil.

“Essa praça estava muito deteriorada, com o piso danificado, sem pintura, então investimos esses recursos para recuperar a praça e devolver a dignidade ao lugar, que é bastante utilizado pela população local. Então, é um investimento muito importante”, detalhou o presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Sérgio Ferrari.

Na sexta-feira (9), no 18 do Forte, a Prefeitura entregou a reurbanização da praça Mário Valois Galvão, outro importante espaço público de convivência do bairro. O local recebeu uma nova pavimentação em concreto, com aplicação de piso tátil, adequando o espaço às normas de acessibilidade.

Com a nova infraestrutura, a área oferece mais segurança para a circulação dos pedestres. Na praça, também foram implantados 19 bancos, mesa de concreto com bancos e executado um belo projeto paisagístico. Para tornar o local mais seguro para seus usuários, uma nova e moderna iluminação foi implantada. A praça conta, agora, com três postes de concreto e 15 postes metálicos com iluminação decorativa, todos com lâmpadas de led. Para a obra, foram investidos mais de R$275 mil.

Leia Também

Sergipe retomou a sua capacidade de investimentos e avança com o Pro Rodovias

Já foram iniciadas as obras de a reestruturação da rodovia SE-226, no trecho que liga …