domingo, 29/03/2020
Energisa dá esclarecimentos à população

Energisa divulga nota informando que suspender cortes não depende das distribuidoras

Compartilhe:

A Energisa divulgou uma  nota, hoje à tarde, esclarecendo que a decisão de não cortar o fornecimento de energia de consumidores inadimplentes, como sugeriram os Ministérios Públicos Estadual e Federal, “não cabe exclusivamente às distribuidoras”. Segundo a concessionária de energia, “quaisquer medidas de desoneração aos consumidores, como prorrogação de pagamentos ou isenção de cortes, só podem ser implementadas com a adequada análise do Ministério de Minas e Energia e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regula nosso setor”.

A empresa  ressalta que  distribuição de energia é um serviço essencial à população e isto foi ratificado pelo Decreto federal nº 10.282 de 20 de março de 2020. Assim, é importante esclarecer que qualquer tomada de decisão não cabe exclusivamente às distribuidoras.

De acordo com a Energisa, “trata-se de um tema complexo e que envolve todos os segmentos que estão inseridos na conta de luz: geradores, transmissores, governos estaduais, Governo Federal e beneficiários de encargos e subsídios”. E acrescentou que todo o setor de energia está unido em diálogo aberto com o Ministério de Minas e Energia e a Aneel através do recém-criado Comitê Setorial de Crise. A prioridade é buscar soluções que sejam pensadas em âmbito nacional.

A Energisa esclarece que, “tal qual médicos, enfermeiros, bombeiros e policiais, o nosso time não pode parar. Levar energia para a casa dos nossos clientes neste momento tem um significado e relevância ainda maiores. Nosso time é feito de profissionais incansáveis, que se dedicam a garantir o conforto dos nossos clientes para poderem ficar em casa, armazenar seus alimentos na geladeira, manter seu celular ligado, trabalhar com o seu computador, assistir às informações importantes dos noticiários da TV ou a um filme com seus filhos. Mais ainda, é a energia que permite o funcionamento de hospitais e o atendimento de uma demanda que só cresce”.

Por tudo isso, a Energisa informa que todas as atividades essenciais para garantir energia de qualidade na casa de seus mais de 7,8 milhões de clientes em 10 estados estão mantidas e todas as medidas de segurança necessárias para proteger colaboradores próprios, terceirizados e a população estão sendo tomadas. Neste momento, nossas equipes estão integralmente dedicadas à manutenção das redes de energia, com atendimento a demandas emergenciais, religações, manutenções preventivas entre outros.

Compartilhe:

Leia Também

“Que as pessoas sejam mais humanitárias”, ensina morador de rua

Embora as autoridades médicas e sanitárias insistam em dizer que para conter o avanço do …