terça-feira, 17/09/2019
Início » Editorias » Segurança Pública » Bandidos invadem chácara e matam sargento da PM
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
O sargento foi morto na própria residência Foto: redes sociais

Bandidos invadem chácara e matam sargento da PM

Compartilhe:

O sargento da Polícia Militar de Sergipe, Antônio Borges de Campos,  45 anos, foi morto hoje à noite, 1º,  quando três bandidos invadiram a sua chácara, no povoado Matapuã, na zona de expansão de Aracaju. Ele reagiu à tentativa de assalto, matou um dos bandidos, mas recebeu um tiro no tórax e morreu minutos depois. O militar estava comemorando sua recente promoção na patente de sargento com familiares e logo após ser baleado divulgou um áudio nas redes sociais pedindo ajuda.

Diversas viaturas da Polícia Militar foram até o local, mas por enquanto não há informações se os dois bandidos que fugiram já foram capturados. Não há, também, no momento, a identificação do meliante que foi alvejado pelo sargento Borges.

O sargento Borges estava na corporação desde 1994, tinha uma excelente conduta e sempre foi elogiado pelos colegas. A Polícia Militar divulgou uma nota apresentando “os mais sinceros sentimentos de solidariedade e respeito pela imensa dor da perda e informa que não medirá esforços para encontrar os outros infratores envolvidos no crime”.

O corpo do sargento, que era casado e pai de quatro filhos,  foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). O velório será no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora do Loreto, no Conjunto Eduardo Gomes, município de São Cristóvão.

Leia, na íntegra, a nota de pesar da Polícia Militar de Sergipe.

PMSE lamenta o falecimento do sargento Borges

É com extremo pesar que a Polícia Militar do Estado de Sergipe lamenta o falecimento do sargento Marcos Antônio *Borges* de Campos, ocorrido na noite deste sábado, 1º, no Povoado Matapuã, Zona de Expansão da capital.

O policial militar estava de folga e comemorava em sua chácara a recente promoção à graduação de sargento com familiares e amigos, quando três indivíduos armados invadiram a propriedade. O PM entrou em confronto com os bandidos e conseguiu alvejar, em legítima defesa, um deles, que veio a óbito, mas em seguida o policial foi atingido na região do tórax.

O militar chegou a pedir socorro por telefone e em redes sociais, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu em sua própria residência. O praça fazia parte da Corporação desde 1994 e acumulava elogios dos colegas de farda por conta  da conduta moral e profissional com que sempre atuou.

Velório

O velório será realizado no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora do Loreto, no Conjunto Eduardo Gomes, município de São Cristóvão.

À família enlutada, a PMSE apresenta os mais sinceros sentimentos de solidariedade e respeito pela imensa dor da perda e informa que não medirá esforços para encontrar os outros infratores envolvidos no crime.

Compartilhe:

Leia Também

Operação do Gaeco ocorreu em nove Estados; em Sergipe, o alvo foi o Hospital de Cirurgia

A  terceira fase da Operação Metástase desencadeada hoje em Sergipe, pelo Grupo de Atuação Especial …

WhatsApp chat