sábado, 21/09/2019
Início » Editorias » Esportes » Sergipe conquista 83 medalhas em campeonato de Karatê
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert

Sergipe conquista 83 medalhas em campeonato de Karatê

Compartilhe:

O Estado de Sergipe conquistou, pela nona vez, o título de campeão geral no XXII Campeonato Nacional de Karatê Interestilos, realizado em Salvador, neste mês de julho, conquistando 83 medalhas. A delegação sergipana contou com a participação de 60 atletas e teve como destaques Sheila Camila, campeã do “The best Kumitê feminino” e Márcio Rocha, no kumitê masculino. Ambos receberam como premiação, R$ 1 mil. Nas equipes de kumitê, o primeiro lugar foi para a formada pelos atletas de Sergipe, Antônio Francisco dos Santos, Marcílio Santos e José Cláudio Santos. O evento reuniu 450 atletas de 14 Estados brasileiros e 16 entidades representativas.

O presidente da Confederação de Karatê Interestilos do Brasil (CKIB), professor Fernando Rocha, que anualmente organiza o campeonato brasileiro, lembrou que a novidade deste ano foi a valorização dos técnicos, “pois a cada conquista nas categorias por equipe, cada um recebeu R$ 50”. No somatório geral, os técnicos sergipanos ganharam R$ 250 pela vitória de cinco equipes. Os técnicos de Roraima levaram R$ 100; Goiás R$ 200; Pernambuco, R$ 100; Bahia, R$ 150,00 e Pará levou R$ 50,00. Entre os jovens senseis, a revelação foi Davison Macedo, da Bahia, considerado árbitro revelação.

No quadro de medalhas, a delegação sergipana recebeu 83, ficando com o primeiro lugar geral. Foram 26 medalhas de ouro, 34 de prata e 23 de bronze. Ainda ganhou o troféu por ser a delegação que mais inscreveu atletas no certame. E dentre os atletas, o veterano Antônio Francisco dos Santos, diretor de arbitragem da FKIS, faixa preta, 6º dan, foi maior medalhista, com duas de ouro, uma de prata e outra de bronze. Ele ficou feliz, também, porque dois alunos da sua academia – Dojokan –ganharam medalhas de prata e bronze, na primeira participação em evento esportivo desse porte.

Classificação – O segundo lugar geral do campeonato foi o Estado de Goiás, com 22 medalhas de ouro, nove de prata e oito de bronze, total 39 medalhas. Em terceiro, o Pará, com 16 de ouro, 13 de prata e 11 de bronze, total 40 medalhas; no quarto lugar geral, Pernambuco, com um total de 48 medalhas, sendo 12 de ouro, 16 de prata e 14 de bronze. E em quinto, a Bahia, com 45 medalhas, sendo 12 de ouro, 13 de prata e 20 de bronze.

O XXII Campeonato Nacional de Karatê Interestilos foi realizado em Salvador no Ginásio Esportivo de Cajazeiras, a pedido do secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), Álvaro Gomes. Segundo Rocha, a escolha do local foi para incentivar as pessoas que moram naquela localidade a praticarem esportes, pois no ginásio existe um projeto de karatê para 1.200 crianças.

“Levamos o Karatê para uma das regiões mais populosas de Salvador, para através desse evento fazermos a Inclusão Social nos esportes que está sendo desenvolvidos e incrementados na região de toda Cajazeiras, região carente que precisa de muita atenção por parte do governo baiano”, avaliou o presidente da CKIB, Fernando Rocha.

 

Compartilhe:

Leia Também

Copa do Nordeste 2020 vai começar por Aracaju; sorteio das equipes será dia 26, quinta-feira

A edição 2020 da Copa do Nordeste uma das mais importantes competições organizadas pela Confederação …

WhatsApp chat