domingo, 15/12/2019
Início » Editorias » Segurança Pública » Polícia Civil faz blitz e mata trabalhador
Powered by Rock Convert
O design de interiores foi morto por agentes da Polícia Civil

Polícia Civil faz blitz e mata trabalhador

Compartilhe:

“Queremos justiça”. O desabafo é de Maria Ieda Santos, tia do design de interiores, Clautenis José dos Santos, 37 anos, que foi morto na noite da segunda-feira, 8, durante uma blitz da Polícia Civil, no bairro Santos Dumont. Ele havia saído do Bugio, num veículo de aplicativo, com destino à Barra dos Coqueiros, onde morava, quando aconteceu o fato.

Flauteis estava com o amigo, que mora no mesmo local. Ele contou que se abaixou na hora dos tiros. A família de Clautenis disse que o rapaz não tinha passagens pela polícia e questiona ação dos agentes. “Por que não atiraram nos pneus do carro”, disse a tia do rapaz, ao acrescentar que o motorista chegou a parar o veículo.

O amigo da Clautenis contou que ouviu dos policiais civis a seguinte frase: “matamos o cara errado”.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai ouvir todos os policiais envolvidos na operação para saber o que aconteceu. Tanto o motorista do aplicativo, como o amigo de Clautenis, serão ouvidos.

Compartilhe:

Leia Também

PF faz Operação Mosqueteiros em empresas acusadas de fraude

A Polícia Federal (PF) e a Controladoria Geral da União (CGU) deflagraram hoje, 10, a …

WhatsApp chat