segunda-feira, 22/01/2018
Início » Editorias » Cidades » SergipeTec e Codise poderão fazer parceria
Ampliar a sinergia entre SergipeTec e Codise Foto: Ascom SergipeTec

SergipeTec e Codise poderão fazer parceria

Share Button

Com o objetivo de apresentar e explicar sobre o funcionamento das diversas ações e projetos executados que o presidente do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), Manoel Hora, recebeu a visita do presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Eugênio Dezen. Na ocasião, ocorrida nesta segunda-feira, 08, foram discutidas e analisadas as possibilidades de viabilização de parceria entre o SergipeTec e a Codise, afim de fomentar o desenvolvimento de pesquisas – e consequente geração de negócios – nas áreas de Tecnologia da Informação (TI), Biotecnologia, e Energia e Meio Ambiente.

De acordo com o presidente da Codise, Eugênio Dezen, a ideia, a partir desta visita, é ampliar a sinergia entre as duas instituições, por meio da soma de esforços, para mostrar à sociedade todo o potencial científico e tecnológico disponível em Sergipe, com o propósito de atrair mais empresas para o Estado.

“Entre os vários benefícios de se instalar no SergipeTec apresentados, alguns dos que me chamaram mais atenção são quanto à disponibilização locacional e de infraestrutura; oportunidade de pesquisas; localização [ao lado da Universidade Federal de Sergipe], em São Cristóvão; a possibilidade de intercâmbio com vários institutos de pesquisa e outras universidades/faculdades… essa estrutura que o Estado disponibiliza, através do Parque Tecnológico, é algo excepcional, e, com certeza, está entre os melhores espaços de pesquisa, de negócios [incubadora] e de inovação do país!”, parabenizou Eugênio.

Para Manoel Hora, a visita do presidente e da diretoria da Codise é bastante oportuna, especialmente, por acontecer neste momento de novo ano, um novo ciclo de oportunidades e de parcerias, visando fomentar e gerar novas ideias inovadoras na Ciência e Tecnologia.

“É uma parceria fundamental, por envolver dois atores cujas atuações são interligadas e possuem o mesmo objetivo: de movimentar e desenvolver a economia do Estado, por meio da promoção, apoio, expansão, popularização e do empreendedorismo científico e tecnológico. Este último, através dos nossos editais disponíveis para a instalação de empresas de base tecnológica no SergipeTec”, disse Manoel.

Share Button
WWebsites

Leia Também

Representantes da indústria gráfica sergipana participam de Procompi

Foi realizada no Sebrae, na manhã desta quinta-feira (18), um encontro para Sensibilização do Programa …

Deixe uma resposta