quinta-feira, 21/09/2017
Início » Editorias » Esportes » Sergipe é campeão brasileiro de karatê interestilos
A delegação sergipana foi  campeã de karatê
A delegação sergipana foi campeã de karatê

Sergipe é campeão brasileiro de karatê interestilos

Share Button

A delegação sergipana, formada por 43 atletas, foi a campeã geral no XXIV Campeonato Nacional de Karatê Interestilos, realizado em Brasília, no último final de semana e que reuniu 285 atletas de 16 Estados brasileiros.  Durante o evento, foi comemorado os 109 anos da colônia japonesa e os mestres Yoshizo Machida e  Masaru Miura foram homenageados.

O professor Fernando Rocha, presidente da Confederação Brasileira de Karatê Interestilos (CKIB), afirmou que os caratecas sergipanos se destacaram  nesta edição do campeonato nacional.  “Ao longo dos últimos meses eles treinaram bastante  e o sucesso foi  inevitável. Eu destaco os atletas Márcio Rocha,  Antônio Francisco, Davi França, Sheila Camila, Davi França,  Gabriela, Carlos Arthur, Luiz Gustavo, Beatriz.

A competição foi organizada pela União das Federações de Karatê do Distrito Federal (UFK-DF) e Confederação de Artes Marciais Educativas (Confameb),  sob a presidência do professor Paulo Roberto Borges.

O evento foi patrocinado pela Confederação Brasileira de Karatê Interestilos (CKIB). O professor Fernando Rocha assegurou que o certame teve tanto sucesso que, no próximo ano, será realizado novamente em Brasília, desta vez com o apoio da colônia japonesa.

A delegação sergipana já retornou para Aracaju e depois de uma folga nesse período junino, os treinamentos recomeçam.  Neste ano há, ainda, campeonatos internos e exames previstos. Segundo o professor Fernando Rocha, o treinamento no karatê tem que ser constante, o que deixa o atleta sempre preparado. “O karatê é um esporte para vida. Ele tem uma base filosófica muito forte que auxilia no caráter e na personalidade do cidadão que o pratica”, ensina Rocha.

O próximo campeonato nacional, em 2018, acontecerá, novamente, em Brasília. Isso porque a comunidade japonesa gostou tanto das homenagens que decidiu apoiar o evento no próximo ano.  Segundo Rocha, o evento deste ano aconteceu dentro de um Festival de Dança em comemoração aos 109 da migração japonesa. Em 2019, o campeonato será em Aracaju, 2020, São Paulo, 2021 na Bahia e 2022, no Rio Grande do Norte.

Superliga – Além de revelar atletas, o Campeonato Nacional de Karatê Interestilos serviu, também, para a criação da Superliga Nacional das Confederações de Karatê que vai, de agora em diante, administrar os campeonatos nacionais. “Unimos cinco confederações e teremos uma média de 700 a 1 mil atletas nos campeonatos”, disse Rocha, eleito para presidir a Superliga. O vice presidente é Márcio Fuskaldo.

“O objetivo da Superliga é promover o desenvolvimento do karatê, além de organizar os campeonato nacionais com as cinco entidades e aumentar o número de atletas participantes, dando representatividade as categoria. Também teremos cursos, palestras e demais eventos para todos os caratecas do Brasil”, explicou Rocha.

As entidades que se uniram para formar a superliga foram: Confederação de Karatê Interestilos do Brasil, Confederação de Artes Marciais Educativas do Brasil, Confederação Brasileira de Karatê Semicontato, Federação Brasileira de Karatê, Confederação  Tradicional de Karatê e Lutas Associadas do Brasil.

Share Button
WWebsites

Leia Também

Cartaz do evento que acontece amanhã no Shopping Jardins

Shopping Jardins realiza Projeto Salve neste sábado, 26

Você sabia que a cada dois minutos, um brasileiro sofre parada cardíaca? O chamado mal ...

Deixe uma resposta