sábado, 16/02/2019
Início » Editorias » Cidades » Seidh promove Feira do Agricultor nesta quinta
Duplichaves
A Feira será na sede da Seidh, na rua Santa Luzia Foto: Pritty Reis

Seidh promove Feira do Agricultor nesta quinta

Publicado em 27 de julho de 2016, 19:06

A proposta de levar produtos fresquinhos direto do campo para a mesa do consumidor deu certo em Sergipe e completa cinco anos nesta semana. Para comemorar a meia década da Feira da Agricultura Familiar, a Secretaria de Estado da Mulher, da Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh), por meio do seu Departamento de Segurança Alimentar (Dsan), está preparando uma ação especial em parceria com a Fundação Estadual de Saúde (Funesa/SES), que será realizada nesta quinta-feira, 28 de julho, na sede da secretaria, situada na rua Santa Luzia, 680, bairro São José.

A edição comemorativa se inicia às 06h, e as 23 famílias que comercializam produtos orgânicos e a comunidade em geral terão à disposição, gratuitamente, testes rápidos de diabetes, verificação de pressão arterial e cálculo do índice de massa corpórea (IMC). De acordo com a diretora do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Seidh, Lucileide Rodrigues, é uma forma de celebrar o projeto, pela meia década beneficiando produtores e consumidores sergipanos.

“É muito gratificante comemorar mais um ano de sucesso da Feira da Agricultura Familiar. É importante destacar que, enquanto Secretaria, além de doar material, contribuímos para a capacitação dos agricultores, tanto através de cursos quanto das orientações prestadas pelos nossos técnicos. Nesta quinta-feira, estaremos disponibilizando profissionais para bem informar a população e os agricultores familiares acerca de hábitos alimentares, e realizando testes rápidos de hipertensão e diabetes, sempre visando à promoção da saúde e bem estar social da população”, disse Lucileide.

A agricultora Josileide Martins, que comercializa hortaliças e macaxeira desde o início da Feira da Agricultura Familiar, em 2011, disse estar bastante satisfeita com tudo o que já lhe foi proporcionado pelo projeto. “Estou aqui desde 2011 e essa renda auxilia no sustento da minha família. Começamos aqui com poucos feirantes, depois, com o passar do tempo, tivemos mais adesões e fomos nos conhecendo melhor. Hoje somos uma família. Aqui temos clientes fiéis, que vêm não só pelo produto, mas pelas dicas, as histórias e pelo bom papo”, disse, orgulhosa, a agricultora, relembrando os melhores momentos dos primeiros anos da feira.

Importante via de escoamento de alimentos, a Feira da Agricultura Familiar oferece oportunidades de geração de renda, favorecendo a inclusão social dos camponeses. É um projeto voltado diretamente para a família, que elimina a figura dos agentes de comercialização – ou atravessadores. Os agricultores plantam nas suas propriedades e vendem, eles mesmos, os seus produtos de base agroecológica, que beneficiam a população ao contribuir para a sua segurança alimentar e qualidade de vida.

Ao todo, o Governo de Sergipe já implantou, através da Seidh, 19 Feiras da Agricultura Familiar em 17 municípios sergipanos, beneficiando aproximadamente 500 agricultores em todo o estado. Destes, 250 já trabalham com produção orgânica – livre de agrotóxicos. Os produtores de três municípios que estão em fase de transição [Poço Redondo, Japaratuba e Capela] aguardam a formação de Organização de Controle Social (OCS), através do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Só na Feira realizada no pátio da Seidh são vendidos, em média, 450 quilos de alimentos orgânicos quinzenalmente, com destaque para as hortaliças.

Share Button
WWebsites

Leia Também

Termina neste domingo o horário de verão

Motivo de alegria para uns e de tristeza para outros, o horário de verão termina …