quarta-feira, 21/08/2019
Início » Editorias » Cidades » Radioamadores discutem tecnologia em Aracaju
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Radioamadores discutem novas tecnologias

Radioamadores discutem tecnologia em Aracaju

Compartilhe:
Alberto Jorge Mesquita, organizador do encontro
Alberto Jorge Mesquita, organizador do encontro

Aracaju está sediando neste sábado, 29, o VI Encontro de Amigos do D-Star Brasil, no auditório do Sandrin Praia Hotel, no bairro Atalaia, como objetivo de apresentar as novas tecnologias disponíveis para radioamadores. Cerca de 50 pessoas oito Estados brasileiros estão participando do evento, que está sendo transmitido ao vivo pela internet. O coordenador do encontro, o radioamador Alberto Mesquita, explica que o anualmente eles se encontram, também, para estreitar os laços de amizade.

Fundador e presidente do Grupo Apollo de Rádio Emissão de Sergipe, Alberto Mesquita (indicativo de chamada PP6AJM), explicou que a comunicação entre os radioamadores tem, também, um caráter filantrópico. No dia 15 de setembro passado, durante a campanha de vacinação antipólio, os radioamadores de todo Brasil trocaram informações orientando as pessoas a vacinarem os pequenos, protegendo-os da pólio. Com a facilidade de se comunicar com o mundo inteiro, Alberto lembra que muitos ajudaram famílias nepalesas durante após o forte terremoto que atingiu o Nepal este ano.

Durante todo o dia estão sendo realizadas palestras com sobre o D-Star (Digital Smart Technologies for Amateur Radio), que é um sistema digital de transmissão de voz e dados. Das 14h30 às 16 horas, será a entrega de certificados aos participantes no Conteste que será ofertado pelo PY1IBM – Sales Moreno e sorteios de brindes. No  radioamadorismo a derivação de Conteste vem da palavra inglesa “contest” uma competição real com regras e premiação entre os radioamadores regidos regulamentos diferenciados por cada competição que podem ter abrangência local, nacional e internacional.

Na maioria dos Contestes de radioamadores abrange um período de tempo em que as estações operadas por um ou mais radioamadores tentam efetuar o maior número de contatos possíveis dentro deste período, e conforme o regulamento devem procurar países, distâncias, localidades ou regiões para multiplicar seus pontos conforme o regulamento da competição.

Um dos equipamentos usados pelos radioamadores
Um dos equipamentos usados pelos radioamadores

Até o final da tarde hoje, quando termina o evento, os radioamadores de Sergipe, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Minas Gerais e Rio de Janeiro participam de sorteio de brindes dados pelas empresas parceiras, como Icom do Brasil, Soundy do Brasil, Radiohaus, Radiohaus América e CQ Radioamadorismo, que faz a cobertura ao vivo.

História – É possível afirmar que o radioamadorismo começou juntamente com as primeiras emissões de rádio no final do século XIX. Como ainda não existiam fábricas de rádios até então, mas a curiosidade na comunicação à distância era crescente, diversas pessoas começaram a montar seus próprios equipamentos e antenas de forma caseira a título de experimentos e deu-se então o início desse hobby que se tornou conhecido mundialmente.

Em 2 de janeiro de 1909 nasce nos Estados Unidos o Junior Wireless Club, considerado o primeiro “rádio clube” mundial (que depois foi renomeado para  Radio Club of America), a aglutinar os interessados na atividade radioamadorística.  Com o crescimento de atividades nas frequências de rádio, o Senado norte-americano publica em 13 de agosto de 1912 o Radio Act,  a primeira lei que regulamenta as comunicações de rádio no país.

Na mesma época o radioamadorismo nascia no Brasil, sendo Lívio Moreira, SB-3IG (e depois BZ-1M) reconhecido no mesmo ano como o primeiro radioamador brasileiro.  No rastro dele, começam a surgir diversos radioamadores pelos estados de  São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Pará.

Até 1924 o radioamadorismo no Brasil não era regulamentado pelo governo, fato que ocorreu em 5 de novembro de 1924 quando foi publicado no Diário Oficial da União o Decreto 16.657 que “approva o regulamento dos serviços de radiotelegraphia e radio telefonia”  e somente revogado em 15 de fevereiro de 1991.  A data de 5 de novembro foi escolhida para a comemoração do Dia do Radioamador pela Labre (Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão) em gratidão ao decreto que regulamentou o radioamadorismo no Brasil. Atualmente, no país existem cerca de 50 mil radioamadores licenciados.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

12 anos de bilhetagem eletrônica

Quem não se lembra dos tickets de papel que eram utilizados para pagamento da tarifa …

WhatsApp chat