segunda-feira, 23/04/2018
Início » Editorias » Cidades » “Meu eterno agradecimento a todos”, diz César após Lungão
Muita disposição para os 53 Km, percorridos em mais de 6 horas Fotos: Wendel Seta

“Meu eterno agradecimento a todos”, diz César após Lungão

Share Button

“Foi tudo ótimo. Hidratação perfeita, apoio logístico, incentivo dos amigos. Parabéns e meu eterno agradecimento a todos que me acompanharam nesse desafio”. O texto, postado nas redes sociais hoje, 17, é do repórter fotográfico e atleta César de Oliveira, que no sábado, por mais de seis horas, correu 53 quilômetros. Esse é o terceiro ano consecutivo que César e uma turma se lançam a um ultra desafio e superam seus próprios limites no Lungão.

Os atletas nas proximidades da Coroa do Meio
Os atletas vencendo etapas

Ao longo do percurso, que começou exatamente às 14 horas, na Passarela do Caranguejo, César Oliveira fez algumas paradas estratégicas e foi encontrando os demais corredores que optaram por outros quilômetros: 42, 21, 15, 10 e cinco.  Na reta final, a partir do Farol da Coroa do Meio até a Passarela do Caranguejo, a cantora Karla Isabela soltou o vozeirão, em cima de um mini trio e embalou o grupo com músicas de carnaval estimulando todos a concluírem a prova.

No total, cerca de 200 pessoas transformaram a tarde/noite de sábado num imenso gesto de solidariedade (estimulando César na corrida), cada um vencendo a si próprio. Foi o que aconteceu com a atleta Luciana Ramos, uma das três mulheres que correram 53 km. “Como eu fiz uma preparação específica para o Lungão, hoje estou sentido o cansaço muscular natural de uma prova longa, mas não estou exausta. Me surpreendi porque estou me sentindo bem: acordei cedo, mas só consegui relaxar agora pela manhã, porque é muita adrenalina”, contou.

“Eu nunca tinha feito uma distância tão longa. Tivemos muitos momentos marcantes: no começo é muito sol, muito calor, mas você está empolgada e dentro de uma distância conhecida, porque já corri 42 km. E quando vão surgindo novas pessoas no grupo, vamos nos alimentando da energia que as pessoas passam.  Em um momento, minha mente viajou e nem percebi que estava correndo. Parecia um piloto automático, mas foi maravilhoso. Incrível o apoio do staff (Conceito Soluções Esportivas) com hidratação nos pontos certos”, afirmou.

Fabiana Medeiros de Souza, 37 anos, também correu 53 km pela primeira vez. “O maior percurso. que tinha feito no Lungão do ano passado foi 27 km. E esse ano resolvi acompanhar César desde o começo”, afirmou. “Me senti muito realizada em conseguir concluir a prova. A energia dos outros corredores foi o que me motivou. No final, o corpo já estava cansado, mas a energia deles me levava. Quando vi que consegui completar foi emocionante. Uma superação!”, confessou.

Apoio – Para o professor de Educação Física e proprietário da Academia Corpo São, Edvaldo Bezerra, “esse ano saiu tudo dentro do planejado mesmo sob o sol forte das 14 horas, o trabalho feito nos trouxe o resultado esperado que era concluir a distância sem problemas e assim foi graças Deus”.

No entanto, o mais importante para ele foi ver que o trabalho planejado com a aluna Luciana Ramos foi dentro do esperado, “manteve o ritmo, não sentiu dores e, o mais importante, chegou junto com César e comigo”. Ele ressaltou, ainda, “todo o apoio dado pela Conceito (Flávia e Andrey) que nos deram todo o suporte durante o trajeto”.

Bezerra, que é policial militar, agradeceu apoio recebido pela unidade a qual faz parte hoje, a Companhia de Policiamento de Trânsito (Cptran), representada pela capitã Manuela Gomes e tenente Cláudia Barros, que incentivam seus comandados à prática de atividade física. “E aí tá o resultado que também divido com essa unidade e principalmente com minha equipe a Rottran A”.

Leia mais:

Sábado, 16, é o dia do Lungão de César de Oliveira

Share Button
WWebsites

Leia Também

Chuvas vão continuar em Aracaju, assegura meteorologista

Choveu bastante na madrugada de sexta-feira para sábado e a previsão do meteorologista Overland Amaral, …