quarta-feira, 15/08/2018
Início » Editorias » Cidades » Menores assaltam banco em Pinhão
Duplichaves
Muita correria nas ruas de Pinhão, por causa do assalto ao banco

Menores assaltam banco em Pinhão

Share Button

Assalto, gente correndo para todos os lados, luta corporal, troca de tiros, dois feridos, invasão de um salão de beleza e seis pessoas mantidas reféns por algumas horas. Toda essa movimentação, digna de um filme de ação, aconteceu hoje pela manhã, 14, no município de Pinhão, a 98 quilômetros de Aracaju, quando uma dupla de menores assaltou um posto do Banco do Estado de Sergipe (Banese), levou R$ 7 mil (que posteriormente foi recuperado pela polícia) e na fuga provocou uma enorme confusão.

Morador entra em luta com os assaltantes e derruba a moto.
Morador entra em luta com os assaltantes e derruba a moto.

Por voltado meio-dia, os menores chegaram ao posto numa motocicleta XR-300 de cor vermelha e sem placas e anunciaram o assalto. Quando estavam fugindo, um morador de nome Rodrigo entrou em luta corporal com eles derrubando-os da moto. Os menores então, deram um tiro no abdome do rapaz e correram, largando a motocicleta no meio da rua.

Mas a perseguição não parou aí. Um policial militar percebeu que se tratava de um assalto também reagiu e quando tentava prender a dupla, houve reação. O tiroteio entre o policial e os bandidos provocou uma correria das pessoas que observavam toda ação. Os elementos continuaram fugindo e um deles foi alvejado no tiroteio. Eles, então, invadiram um salão de beleza onde havia seis pessoas, entre elas uma criança de cinco anos de idade.

Helicóptero da  SSP sobrevoa a cidade
Helicóptero da SSP sobrevoa a cidade

A essa altura, a cidade já estava repleta de policiais militares de diversos batalhões – Choque, Pelotão de Caatinga, Grupamento Tático do Interior, 3º Batalhão e o helicóptero. Foram mantidos reféns a professora Daniela Barbosa, esposa do vereador José Augusto Cruz, conhecido como Gusto de Nelson; Elisângela Alves dos Santos, dona do salão, a filha dela de cinco anos, Márcia Alves dos Santos, irmã de Elisângela, e os pais dela Antônio e Maurina dos Santos.

Começava aí, por parte da Polícia Militar, a tarefa de libertar os reféns e prender os assaltantes. Depois de muita conversa, eles liberaram quatro pessoas, incluindo a menina de cinco anos, mas mantiveram Daniela Barbosa e Antônio dos Santos (mulher do vereador e o pai da dona do salão) sob a mira de um revólver. Eles exigiam a presença da mãe de um deles, a imprensa e uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Como pediram os assaltantes, a mãe de um deles foi chegou uma hora depois. Temos depois a dupla se entregou. Um deles foi levado para a Delegacia de Itabaiana e outro para o hospital da cidade. Segundo a Polícia Militar, o menor envolvido no crime e que foi ferido no tiroteio, não corre risco de morte. O Hospital de Itabaiana, no entanto, não deu informações a respeito do estado de saúde dos pacientes: do menor que participou do assalto e do Rodrigo, que tentou prender os marginais e foi alvejado com o tiro.

Share Button
WWebsites

Leia Também

PIS/Pasep: resgate começa amanhã para trabalhadores de todas as idades

A partir desta terça-feira (14), trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas …