quinta-feira, 17/10/2019
Início » Editorias » Cidades » Juntar lacres de latinhas ajuda Rotary a comprar cadeiras de roda
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Alberto Balbino recebendo lacres da Associação de Motociclistas Vamos Rodar

Juntar lacres de latinhas ajuda Rotary a comprar cadeiras de roda

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

Juntar lacres de latinhas de cerveja e refrigerante lhe dá direito a receber uma cadeira de rodas. Isso é lenda urbana ou realidade? É a mais pura verdade para os integrantes do Rotary Aracaju Leste que, de outubro do ano passado até agora, conseguiram oito cadeiras de rodas. Uma foi doada a uma pessoa com necessidades especiais, duas seguirão o mesmo caminho brevemente,  outras cinco foram compradas  e devem chegar a Aracaju para posterior doação. A empresa que fabrica a cadeira já entrega com o  logotipo do Rotary.

Post da campanha Lacre Solidário

As doações são feitas a pessoas ou a instituições. “É com a venda dos lacres a uma empresa que  conseguimos o dinheiro para comprarmos as cadeiras de rodas”, diz o tesoureiro do Rotary Aracaju Leste, Alberto Balbino.  Para comprar uma cadeira, que custa R$ 275,00, são necessárias 85 garrafas pet cheias de lacre. Cada garrafa com lacre pesa 725 gramas.  Multiplicando 85 por 725 chega-se a mais de  61 quilos de lacres, o suficiente para uma cadeira.

“Estou no Rotary há quase um ano e dentre as diversas ações que participamos, esta é uma das mais bonitas. Há um tempo se tornou uma lenda urbana, mas, o Rotary continua coletando os lacres de latinhas para converter em cadeiras de rodas como esta”,disse o empresário Carlos Elpídio Prado, ao se referir ao vídeo que  está logo abaixo.

No Rotary Aracaju Leste  a tarefa de juntar os lacres em garrafas pet é feita pelos 14 integrantes e há um envolvimento muito grande das respectivas famílias.  Mas,  mesmo não sendo rotariano – ou seja, integrante  do Rotary – qualquer pessoa pode ajudar. Se você tiver lacres de latinhas de cerveja ou refrigerante e não sabe que destino dará, basta ligar para  Alberto Balbino, no número 98107.6456, que indica o local onde as garrafas podem ser entregues.

Portanto, juntar lacres de latinhas de cerveja ou refrigerante não é lenda urbana. É uma realidade em Aracaju.

 

Compartilhe:

Leia Também

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, volta a Aracaju e se reúne na UFS

Powered by Rock Convert O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chegou hoje, 16, por …

WhatsApp chat