quarta-feira, 24/04/2019
Início » Editorias » Negócios » Indústria 4.0 é tema de evento em Aracaju
Duplichaves
Marco Pacheco, do Senai: "precisamos entender que a revolução da Indústria 4.0 será feita por pessoas"

Indústria 4.0 é tema de evento em Aracaju

Publicado em 4 de setembro de 2018, 12:20

A Quarta Revolução Industrial e as transformações tecnológicas que ela irá a proporcionar. Este é o tema do Desvendar 4.0, uma intensa discussão que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de setembro, em todo o Brasil, promovido pelo  Serviço Nacional  de Aprendizagem Industrial (Senai). Em Aracaju,  abertura será a partir das 18 horas no auditório da unidade do Cefat, na avenida Tancredo Neves.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através do link https://senai40.com.br/event/desvendar-4-0/. E as informações  sobre Desevendar 4.0- e como  Senai está alinhado em preparar profissionais e as indústrias para as transformações tecnológicas que surgem, estão disponíveis no site senai40.com.br.

Serão três dias de discussão intensa sobre o mundo da Indústria 4.0, com palestras, debates e workshops sobre as oportunidades que essa nova realidade trará ao mercado industrial. Um dos desafios do evento é acabar com alguns mitos que envolvem esse tema, como o de que as pessoas perderão seus postos de trabalho e de que é necessário alto investimento em tecnologia para as indústrias iniciarem seu trajeto rumo a Indústria 4.0.

O interlocutor da Rede Senai Sergipe de EAD e Tecnologias Educacionais, Marco Pacheco, já adianta algo sobre essa problemática. “Antes de tudo, precisamos entender que a revolução da Indústria 4.0 será feita por pessoas. A nova indústria precisa de profissionais mais preparados para os novos processos de produção”, afirmou.

“Claro que como em toda revolução tecnológica, alguns postos de trabalho deixarão de existir e novos serão criados. As novas tecnologias vêm para transformar um cenário mundial, onde as indústrias precisam ser mais produtivas, inteligentes e ágeis, estando o SENAI, através de consultorias especializadas como Indústria + Produtiva, Indústria + Eficiente e Indústria + Avançada, pronto para auxiliar as empresas a adentrar neste novo cenário.”, alertou Pacheco.

 

Leia Também

Pisolar acredita no Movimento É de Sergipe

“Um empresário que tem muito a acrescentar no movimento, um grande parceiro, incentivador da sergipanidade.” …