domingo, 20/01/2019
Início » Editorias » Cidades » HU faz mais de 350 testes de DST e hepatite
Duplichaves
Muitas pessoas fizeram os testes no HU Foto: Ascom/HU

HU faz mais de 350 testes de DST e hepatite

Share Button
 Na véspera do dia mundial contra as hepatites, o Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) foi palco de uma ação preventiva da Liga Acadêmica de Sexualidade e Infecções Sexualmente Transmissíveis da UFS: estudantes proporcionaram, além de palestras educativas, testes rápidos a usuários e colaboradores do hospital para a detecção de DSTs e hepatites.

Nas palestras, os estudantes alertaram os participantes sobre o caráter silencioso dessas doenças. Foram abordadas técnicas de prevenção e cuidado como, por exemplo, o uso das camisinhas masculina e feminina.

Ao todo, a Liga Acadêmica realizou 355 testes rápidos, identificando doze casos positivos para sífilis, um caso positivo para hepatite C e 1 caso positivo para hepatite B. O procedimento é simples: só é necessário puncionar o dedo e molhar o teste com uma gota do sangue. “É algo quase imediato e não invasivo”, contou a doutora em Estudos para a Prevenção da AIDS, professora da UFS e coordenadora da Liga, Lígia Lemos.

De acordo com Lígia, o acesso aos testes rápidos ainda é muito difícil para as pessoas, principalmente aquelas provenientes de classes menos favorecidas. “O ambulatório do HU transforma-se em oportunidade para oferecermos esse serviço de saúde pública à população. Ultrapassamos a estimativa que tínhamos previsto e conseguimos alcançar o nosso objetivo”, comentou.

As pessoas cujos testes retornaram positivo foram devidamente encaminhadas ao serviço laboratorial do HU-UFS para a realização do exame confirmatório. Depois dessa fase, receberão todo o suporte para a consecução dos respectivos tratamentos.

Share Button
WWebsites

Leia Também

Num país inseguro, o novo alvo são as escolas de tiro

A conta  é inversamente proporcional. Enquanto a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), através …