sábado, 23/06/2018
Início » Editorias » Cidades » Hotel Sesc é apresentado ao trade turístico e à imprensa
Vista aérea do hotel do Sesc Foto: Alisson Alcântara

Hotel Sesc é apresentado ao trade turístico e à imprensa

Share Button

 

O Hotel Sesc Atalaia, empreendimento da rede hoteleira do Serviço Social do Comércio, foi apresentado para representantes do trade turístico sergipano e profissionais da imprensa local, em eventos realizados na nova unidade. Foi ofertado um café da manhã para os participantes, que também conheceram a estrutura do hotel.

A apresentação foi feita pelo presidente do Sistema Fecomércio, Laércio Oliveira, que também guiou os convidados pelas instalações do hotel, apresentando toda a aparelhagem de recepção, quartos, parque aquático, academia, espaços para eventos e restaurante. Cerca de 150 convidados participaram da apresentação ocorrida em dois dias para atender melhor aos participantes. Ele destacou a realização da obra e lembrou que o empreendimento trará muito retorno para toda a cadeia produtiva do turismo em Sergipe.

“Estamos entregando uma grande obra, com uma estrutura de alta qualidade para hospedagem, realização de eventos e lazer, para o público comerciário brasileiro que terá no Hotel Sesc Atalaia, um dos hotéis mais bonitos, confortáveis e com uma grande infraestrutura turística ao seu redor. Esse hotel, é um investimento de mais de 45 milhões de reais, totalmente direcionado para o público comerciário. Com isso, deixamos de ser um estado meramente emissor de turistas pelo programa Turismo Social, que oferece hospedagem a baixo custo para o comerciário, para também nos tornarmos receptores. O turismo sergipano ganha com isso, pois o público assistido pelo Sesc em todo o país passará a vir para Aracaju, onde também injetará divisas nos empreendimentos turísticos. São 52 setores da economia movimentados pelo turismo e com a chegada do Hotel Sesc Atalaia, esses setores sofrerão um impacto positivo, trazendo receita para as empresas afins do turismo”, disse Laércio.

O secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique, participou da visita realizada com os convidados e valorizou a iniciativa do Sistema Fecomércio, em implementar um hotel com estrutura em nível internacional para ofertar hospedagem de qualidade para o comerciário em Sergipe.

Láercio: "Sergipe no cenário nacional
Láercio: “Sergipe no cenário nacional”

“O Hotel Sesc Atalaia é muito bem-vindo. Esse empreendimento vai ajudar nosso estado a receber mais turistas pelo projeto de turismo subsidiado pelo Sesc. O Sistema Fecomércio tem sido um grande fomentador da economia e desenvolvimento, e com essa nova unidade hoteleira, colocando Sergipe no cenário nacional da rede Sesc, vai fazer com que nosso estado cresça mais. Oferecer qualidade para o público, com preços subsidiados é uma grande ação do Sesc, que estimula o turismo em nosso estado”, comentou.

O Hotel Sesc Atalaia será inaugurado na quinta-feira, 30 de novembro, em uma cerimônia preparada para receber 1.500 convidados. Os serviços desenvolvidos no hotel serão providos pelo próprio Sesc e pelo Senac, por meio da Escola de Hotelaria, onde os alunos aprenderão a teoria no curso em desenvolvimento, para colocar a prática na unidade hoteleira. Assim, atendendo a sua finalidade educacional.

A unidade de hotelaria Sesc Atalaia funcionará com 60 apartamentos ofertados para o público. Além disso, tem uma estrutura receptiva para a realização de eventos de grande porte, com parques esportivo e aquático, academia. Laércio Oliveira lembrou que a procura para o Hotel Sesc Atalaia está muito acima das expectativas, o que já mostra a força do empreendimento na rede Sesc de hotelaria. “Começaremos a operar no dia 15 de dezembro, mas já estamos com demanda reprimida. Isso é bom, pois a procura do público pelo nosso hotel mostra como o comerciário está interessado em conhecer Aracaju. E para eles, temos as melhores instalações do Brasil, no mais belo cartão postal de Aracaju. Na praia de Atalaia, com 60 apartamentos, todos com vista para o mar”, frisou.

Share Button
WWebsites

Leia Também

Mais de 10 mil feminícidios ficaram sem solução no Brasil em 2017

No ano passado, mais de 10,7 mil processos sobre assassinatos de mulheres no Brasil ficaram …