segunda-feira, 23/09/2019
Início » Editorias » Negócios » FIES lança “Propostas da Indústria 2018” para candidatos a governador
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
O evento será na sede FIES

FIES lança “Propostas da Indústria 2018” para candidatos a governador

Compartilhe:

A Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) traçou um perfil dos problemas que devem ser enfrentados pelo governador que for eleito e dá sugestões para que seja retomado o desenvolvimento do Estado. Esse trabalho está no documento “Proposta da Indústria 2018”, compilado por técnicos da instituição e traz um direcionamento dos assuntos pertinentes ao setor industrial para o próximo governador. São propostas possíveis e que buscam a recuperação econômica e social do combalido estado.

 A atração de novas indústrias, a retomada da duplicação da BR-101, cujas obras se arrastam mais que lentamente e melhorias na educação são algumas das sugestões da instituição baseada em dados que mostram os baixos índices de Sergipe.

No entendimento da FIES, um dos principais problemas que deve fazer parte da pauta do próximo governador é atração de indústrias que poderá aumentar o número de vagas no mercado de trabalho. O último balanço desse quesito, analisado pelo Boletim Sergipe Econômico, mostra que em julho, o saldo negativo de empregos formais ficou em 302 postos.

O fechamento de algumas fábricas importantes nos últimos anos também colaborou para o declínio no número de profissionais contratados do mercado.  Para a FIES políticas públicas de incentivo às indústrias já instaladas também são bem-vindas nesse momento turbulento. Diminuir a burocracia e facilitar o acesso do empresariado ao crédito, por meio do banco estadual, são ações primordiais para o incremento da economia local.

O principal meio de escoamento das riquezas do estado é modal rodoviário, mas situação das estradas deixa a deseja. Segundo a FIES, acelerar o término da duplicação da BR-101, por meio de recursos oriundos do Governo Federal, é outro fator que contribuirá para melhorar a movimentação das cargas em nosso estado.  De acordo com estudo lançado recentemente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), é exatamente a queda de investimentos do setor público que está debilitando a já incompleta infraestrutura. “Parcerias público-privadas seriam uma das saídas apresentadas por esse documento para sanar essa questão”, sugere a FIES.

A falta de investimentos na educação e na saúde são fundamentais, de acordo com a FIES, para alcançar o nível de desenvolvimento desejado. Os números da educação em Sergipe são tímidos, apesar na pequena melhora. “Sergipe não alcançou a meta do índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para o Ensino Médio, de acordo com dados divulgados no início de setembro”, lembra a FIES.

“Incentivar a capacitação dos profissionais, além da valorização profissional devem ser o ‘norte’ das ações implementadas nos próximos quatro anos. Além disso, na área da saúde, deve ser revisto o aparato dos hospitais regionais para atender a demanda local, sem que haja a superlotação diária do Hospital de Urgências de Sergipe. Uma sociedade saudável e bem cuidada é sinal de prosperidade e desenvolvimento. Tudo que os sergipanos querem para esse quadriênio que se aproxima”, diz a FIES.

A Federação das Indústrias do Estado de Sergipe acredita que a eleição é um momento do cidadão exercer a democracia, duramente conquistada há pouco mais de três décadas, e que pela sua importância, deve ser tratada com suma importância. Analise, pesquise e vote no candidato que tenha condições de exercer seu mandato com lisura e em prol de toda sociedade.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

O Aracaju Parque Shopping agora é uma realidade

“O Aracaju Parque Shopping agora é uma realidade”. É o que diz, com orgulho, o …

WhatsApp chat