domingo, 20/01/2019
Início » Editorias » Política » “Estava claro que os golpistas venceriam”, diz Rogério Carvalho
Duplichaves
Rogério Carvalho é presidente estadual do PT em Sergipe

“Estava claro que os golpistas venceriam”, diz Rogério Carvalho

Share Button

Por Rogério Carvalho

Presidente do PT em Sergipe

Igualmente a todos os brasileiros, é com pesar que acompanho a situação na qual o País se encontra. Essa realidade, nada mais é do que a consequência de um claro desrespeito à Democracia. O que poderíamos esperar de uma nação que elege uma presidenta de forma legítima, mas cujos derrotados organizam um movimento e tramam a sua queda? Esse processo de derrubada se deu à custa do agravamento da crise econômica – patrocinada pelos perdedores -, e da paralisia do Brasil.

Em meio a esse ciclo, para justificar a retirada da presidenta Dilma, entramos em um processo de desmobilização da economia. Dois anos após o início da crise, continuamos no fundo do poço, sem sinais reais e sustentáveis da volta do crescimento da economia, da redução do desemprego nem das possibilidades do País de atender às necessidades da população mais carente.

Outra questão é que a tomada do poder, da forma como foi urdida e por quem foi urdida, não podia ter consequências diferentes. A única intenção dos golpistas era se apropriar do País e servir a um segmento único da sociedade. O grupo, que é representado por Michel Temer, Eduardo Cunha, Aécio Neves e todos os que estão ao lado deles, possui um único e claro interesse: ter o Brasil para si, tal qual uma propriedade pessoal.

Basta ver o que eles fizeram com a distribuição de recursos do Governo Federal para evitar que Temer fosse processado pelo Supremo Tribunal Federal. A quantidade de dinheiro que empenharam e, na sequência, o festival de aumento de impostos que se sucedeu, a fim de cobrir o rombo do uso dos recursos públicos deixa claro que essas pessoas deram um golpe, fazendo do País um instrumento dos seus mais mesquinhos interesses pessoais.

Presenciamos, nessa quarta-feira, 02, uma votação para a qual já sabíamos o resultado. Estava claro que o golpe venceria, visto que os deputados foram comprados e assim o foram com o sacrifício dos brasileiros, seja com o aumento da gasolina, com a redução de recursos para a saúde e para a educação, com a PEC 95 – que estabelece teto de gastos e vai fragilizar toda a rede de proteção social do Brasil. Ou seja, eles pegaram o dinheiro para se manter no poder e para atender aos interesses de setores do mercado que os patrocinaram, dando apoio para que dessem mais esse golpe de Estado no Brasil.

 

Share Button
WWebsites

Leia Também

Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, …