quarta-feira, 22/05/2019
Início » Artigos » Correndo contra o calendário
Duplichaves

Correndo contra o calendário

Publicado em 12 de outubro de 2017, 08:00

Por Carol Matias

A tia de Mia tem uma agência de acompanhantes e oferece um emprego a sobrinha, um mês com um homem diferente em um lugar diferente, recebendo bem e sem a obrigatoriedade do sexo, que, caso faça, ganhará um bônus. Mesmo relutante e pensando na irmã, Mia aceita e a partir daí começa a aventura.

Carol Matias
Carol Matias

Cada mês é um homem, um local, e uma maravilhosa história que presenciamos. A jornada de Mia nos faz observar e repensar a vida, e claro, dar muitas risadas. Durante o decorrer da história temos muitas reviravoltas, muitas risadas, chororô e amor, muito amor.

O livro é hot, com indicação para maiores de 18, tem muito sexo e palavrões.

A leitura é leve, fluida, os livros não são grandes e a história envolvente. Os personagens são bem construídos e todos tem grande importância para a história. Apesar de parecer no início, nem tudo é um mar de rosas e apesar de aproveitar muito, Mia e amigos passam por situações traumáticas durante a jornada, mas é nesse mesmo caminho onde ela faz grandes amigos.

“>

Leia Também

O que o Brasil quer da vida? Educação x Dívida pública

Por Emerson Sousa (*) As manifestações do último dia 15 de maio deixaram claro que …